A importância da água para os seres vivos.

POR:
professor

Objetivo(s) 

1. Compreender a importância da água para a vida no planeta;

2. Conhecer os estados em que a água pode ser encontrada;

3. Desenvolver atitudes de conservação e presenvação da água na escola, em casa e na sua cidade;

4. Valorizar o meio ambiente.

 

Conteúdo(s) 

1. Conhecer a importância da água;

2. Os estados da água;

3. Descobrir atitudes de conservação e presevação da água;

4. Valorização do meio ambiente e da natureza para a vida no planeta.

 

 

 

Ano(s) 

Tempo estimado 

Quatro aulas.

Material necessário 

Música "Água" (de Paulo Tatit e Arnaldo Antunes, CD Canções de Brincar),

revistas usadas,

frutas frescas (laranja, maçã, banana, mamão, melancia, melão e uva) e secas ,

guardanapo de papel,

duas garrafas plásticas transparentes de 600 ml

cubos de gelo

 caneta para retroprojetor.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Peça que os alunos observem a existência de água em sua casa, escola e cidade. Eles deverão registrar suas constatações numa folha ou no caderno, em forma de lista. Mostre o vídeo   :  

Em seguida, organize uma roda e discuta a utilização da água em cada situação identificada ,pergunte

1. de onde vem a água das torneiras? 

2. será que existe muita água no planeta para se beber?

3. como utilizamos a água no dia a dia?

4. como encontramos a água? ela é sempre líquida?

5. como devemos fazer para cuidar da água? 

 Aproveite para promover uma debate sobre o video mostrado e os  ambientes naturais onde existe água, monte uma lista e solicite que façam um desenho baseado nela.

Lembre-os da existência de água nos aquíferos e de que, embora exista em grande quantidade, uma parcela pequena da água está disponível para os seres vivos. Ao final desta etapa, faça a leitura da letra da música "Água" e converse com os alunos sobre as informações presentes nela (o ciclo da água, a composição das nuvens, a utilização da água no abastecimento e a presença de água no corpo dos seres vivos). A intenção é sistematizar as discussões.

 

 

2ª etapa 

"A Importância da Água para os Seres Vivos". Insira tarjetas contendo as seguintes descrições: "Água para beber", "Produção de energia", "Hábitat", "Transporte", "Irrigação" e "Utilização nas indústrias", entre outros. Solicite que os alunos colem imagens recortadas de revistas que possam ser relacionadas a cada tarjeta. Depois que eles montarem o painel, discuta os conteúdos apresentados e pergunte se todos concordam com as informações apresentadas, se sugerem mudanças etc.

"Durante o estudo podemos propor a produção de uma cartilha contendo dicas de como preservar a água e criar uma campanha dentro da escola com planfletos produzidos pelas próprias crianças sobre 10 maneiras de preservar e conservar a água."

3ª etapa 

Esta etapa deve acontecer em um local higienizado e os alunos deverão estar com as mãos limpas, pois serão utilizados alimentos com os quais a turma pode fazer uma salada de frutas ao término da atividade (evitando, assim, o desperdício). A ideia é identificar a presença de água nos alimentos e discutir a importância da desidratação para preservá-los. Monte uma tabela com três colunas (uma para as frutas analisadas, outra para a previsão dos alunos quanto à presença ou não de água naquela fruta e a terceira para o registro da verificação dessas previsões). Depois, apresente as frutas frescas e questione sobre a presença de água em cada uma delas. Feitas as previsões, oriente as crianças a pressionar um pedaço de cada fruta em um guardanapo ou qualquer outro tipo de papel bem absorvente. Elas notarão que um pouco da água existente em cada fruta fresca é absorvido e deixa uma marca no papel. Agora, apresente os alimentos desidratados. É fundamental que as crianças façam a comparação com as frutas frescas. Oriente a observação perguntando sobre as alterações sofridas pelos alimentos no processo de desidratação (mudanças de cor, forma e gosto, por exemplo).

4ª etapa 

Informe que a discussão, agora, será sobre os estados físicos da água. Para tratar dos estados sólido e líquido, providencie alguns cubos de gelo e deixe-os em repouso à temperatura ambiente. Após o derretimento, ajude as crianças a estabelecer uma relação entre os estados sólido e líquido e a variação de temperatura. Já para o estudo da evaporação, solicite que elas adotem os seguintes procedimentos: 1) Identificar as duas garrafas plásticas transparentes com as letras A e B; 2) Preencher com água o conteúdo das duas garrafas até a metade; 3) Usando a caneta para retroprojetor, marcar o nível da água nas duas; 4) Deixar destampada a garrafa A e tampar a garrafa B; 5) Deixar as duas perto de uma janela ou qualquer outro lugar que acelere naturalmente a evaporação. Pergunte: "O que acontecerá com a água nas duas garrafas?". Dois dias depois, será possível observar que o nível da água na garrafa destampada (A) está mais baixo. Já na garrafa tampada (B), o que se observará é a formação de gotículas na sua parte superior. Lance outra questão: "Onde foi parar a água que sumiu da garrafa A?". Peça que os alunos desenhem o experimento novamente, dessa vez registrando o resultado, e comparem às previsões feitas anteriormente. No novo registro, é fundamental que eles escrevam de maneira sucinta aquilo que foi observado. Por fim, contextualize a evaporação com exemplos da vida cotidiana, como o das roupas que secam penduradas em um varal.

 

 

Avaliação 

Pode-se  avaliar os alunos por meio da oralidade e análise dos registros produzidos durante as etapas.

Deficiências 

Física

Créditos: Luisiana Carneiro Formação: Bióloga e tutora do Programa Ciência e Tecnologia com Criatividade da Sangari Brasil, em São Paulo.

Compartilhe este conteúdo: