Guerra Civil Americana

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

  • Identificar os principais motivos que levaram à Guerra Civil Americana e seus elementos centrais;
  • Relacionar o movimento à conjuntura histórica da época;
  • Compreender as principais alterações na política americana após o término da guerra

Conteúdo(s) 

Guerra Civil Americana

 

Ano(s) 

Tempo estimado 

6 aulas

Material necessário 

  • Filme O Patriota;
  • Aparelhos de DVD e TV;
  • Objetos variados para a organização da montagem de cenários;
  • Figurinos. 

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Pergunte aos alunos quem já assistiu ao filme O Patriota (Roland Emmerich, 164 min., Columbia) ou ouviu falar dele. Levante algumas questões: do que trata o filme? Em que período se passa a história? Quem assistiu a ele gostou? Por quê? Após esse levantamento, cite que o filme trata da guerra ocorrida nos Estados Unidos de 1861 a 1865, ocasionada pela discórdia entre o norte, mais industrializado, e o sul, agrário e escravagista. Em seguida, mostre a primeira parte da fita. Peça que os alunos, durante a exibição, façam uma lista das passagens que despertarem a atenção deles.

 

2ª etapa 

Exiba a segunda parte do filme com a mesma orientação de registro. Recolha as listas e organize as regularidades para apresentar à garotada no próximo encontro. É provável que eles citem passagens de discriminação racial, por exemplo. Lembre você mesmo os pontos que considerar importantes e que não forem citados por eles.

3ª etapa 

Peça que os estudantes expliquem suas escolhas. Vá complementando com dados do episódio histórico relacionados às cenas que citarem. Explique que o conflito matou mais de 600 mil soldados, que o norte foi vencedor e o sul devastado, entre outros destaques. Depois, peça que escrevam, em dupla, um texto argumentativo sobre o tema.

 

4ª etapa 

Inicie esse encontro construindo com os jovens um esquema conceitual sobre a Guerra Civil Americana. Coloque no chão da sala imagens e palavras-chave para que todos juntos, em roda, reconstruam o conceito estudado até o momento. Depois, elabore com eles um texto síntese no quadro-negro.

 

5ª etapa 

Proponha que a turma crie esquetes de improviso sobre pontos relevantes da guerra, organizados em grupos de cinco. Disponibilize materiais diversos para a construção de cenário e figurino. Cada grupo tem dez minutos para se apresentar. No fim de cada exibição, faça um breve comentário para fechar o conceito apresentado.

Avaliação 

Acompanhe o desempenho, avaliando a qualidade e a pertinência dos trechos do filme selecionados pelos alunos, analise as soluções encontradas por eles para construir as relações entre as imagens e palavras e observe como articulam, participam, cedem ou persistem em determinadas linhas de raciocínio.  

Flexibilização 

1ª etapa  Flexibilização de recursos Exiba o filme com legendas para que o aluno surdo compreenda o enredo por meio da leitura.   2ª etapa  Flexibilização de conteúdos Adeque as orientações para a construção da lista de acordo com as competências do aluno, diminuindo a quantidade de itens, por exemplo. Se necessário, ofereça um roteiro com palavras-chave ou figuras.   Flexibilização de recursos Com base na lista, faça uma seleção de trechos que devem ser revistos e que sirvam de recurso visual de apoio. Com base na lista, faça uma seleção de trechos que devem ser revistos e que sirvam de recurso visual de apoio.   Flexibilização de tempo  Peça que ele assista à edição com os principais pontos em casa ou na sala de recursos.   3ª etapa  Flexibilização de recursos Recorra a um intérprete de Libras ou fale de frente para o aluno se ele dominar a leitura labial. Um colega lê o texto do aluno, valorizando a sua participação na aula.   Flexibilização de tempo Se necessário, proponha a continuidade da proposta em casa ou na sala de recursos no contraturno.   5ª etapa  Flexibilização de recursos O aluno elabora pequenas dissertações sobre os esquetes assistidos, recontando o seu entendimento sobre a história apresentada.   Avaliação  Flexibilização de conteúdos Avalie o aluno pela compreensão que teve do tema. Quando avaliar textos, considere as estruturas próprias da escrita para o deficiente auditivo.    

Deficiências 

Auditiva

Créditos: Odair José de Araújo Júnior Formação: Professor do Colégio Sidarta, em Cotia, SP. Créditos: Claudia Siqueira Formação: Diretora do Colégio Sidarta, em Cotia, SP.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias