Gráficos no Excel na aula de Matemática

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

Produzir, analisar e comparar gráficos em computador.

Conteúdo(s) 

- Coleta e organização de dados.

 

 

 

Ano(s) 

6º, 7º, 8º, 9º

Tempo estimado 

Oito a dez aulas.

Material necessário 

Computador com o programa Excel.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Peça que a classe selecione um tema para pesquisa. Uma sugestão é começar com mês de aniversário, tipo de música, animal preferido etc. Outra opção são valores, como o número do calçado ou da vestimenta. Em seguida, inicie a coleta de dados com os alunos, anotando os resultados no quadro e pedindo que copiem. É importante ter claro o conceito de variáveis e de que tipos elas podem ser. Variável é o conjunto de resultados possíveis. Exemplo: para o fenômeno "número de filhos", os resultados possíveis são: 0, 1, 2, 3, 4, ..., n; para "estatura", temos uma situação diferente, pois os resultados podem tomar um número infinito de valores numéricos dentro de um determinado intervalo. As variáveis são, portanto, quantitativas e qualitativas. Nas primeiras, os valores são expressos em números (salário dos operários, idade dos alunos etc.). As que podem assumir qualquer valor entre dois limites recebe o nome de variável contínua. E a que só pode assumir valores pertencentes a um conjunto enumerável recebe o nome de variável discreta. Nas qualitativas, os valores são expressos por atributos, como sexo (masculino, feminino), cor da pele (branca, preta, amarela) etc. Organize duplas e peça que listem cinco itens que aparecem nos dois folhetos e façam parte da cesta básica. 

 

2ª etapa 

Proponha que os alunos, em grupos, pesquisem gráficos e tabelas e levem à sala. A intenção é que eles decidam como apresentar os dados. Em seguida, disponha as informações numa tabela.

3ª etapa 

Divida os estudantes em grupos diante de cada computador. Usando o programa de Excel, peça que abram uma planilha e digitem uma tabela de dados: por exemplo, os meses de aniversário (na coluna A) e o nome dos alunos (na coluna B). Selecionando a tabela e escolhendo a opção "inserir" e "gráfico", solicite que construam um gráfico de colunas. Convide-os a explorar os recursos (introduzindo títulos ou retirando e acrescentando rótulos de dados nos eixos X e Y). Em seguida, peça que optem por construir gráficos diferentes, como os de barras, linhas e pizza. Discuta em qual das opções a informação fica mais clara. A turma deve perceber que os gráficos de barras e de colunas são os mais adequados para comparar os valores de diferentes categorias; os de linhas, para mostrar o sobe e desce de uma variável ao longo do tempo; e os de pizza, para registrar a proporção das categorias de um universo. No exemplo do aniversário, o único gráfico que não é adequado é o de linhas.

Avaliação 

Verifique se a turma estabelece categorias, consegue criar gráficos e percebe a utilidade de cada tipo.  

Flexibilização 

Proponha o trabalho em dupla e entregue as instruções por escrito e numeradas. Depois de orientar o aluno oralmente, faça referência ao número da instrução. Preveja um tempo maior para ele realizar cada etapa.

Deficiências 

Intelectual

Créditos: Priscila Monteiro Cargo: Consultoria: Formação: Coordenadora da formação em Matemática da prefeitura de São Caetano do Sul, SP, e formadora do projeto Matemática É D+.

Compartilhe este conteúdo: