Explore diversidade da Língua Portuguesa com o documentário "Língua - Vidas em Português"

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

Compreender a importância da língua como identidade cultural e a preservação de sua raiz por meio da observação de outros povos lusófonos.

Ano(s) 

6º, 7º, 8º, 9º

Desenvolvimento 

1ª etapa 
lingua. Foto: Divulgação

Introdução

No mundo, cerca de 200 milhões de pessoas se comunicam por meio da língua portuguesa, no Brasil, em Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Goa, na Guiné e espalhadas por outros cantos do planeta. Personalidades da literatura e das artes, como José Saramago (1922-2010), Mia Couto, Martinho da Vila e João Ubaldo Ribeiro, contam, neste documentário, indicado pelo professor Cláudio Bazzoni, assessor da prefeitura de São Paulo, como se deu essa apropriação linguística em cada país. "A língua nesses países é muito diferente da falada aqui e, com o filme, podemos aprender um pouco sobre isso", diz.

Trechos selecionados

O documentário mostra, do começo ao fim, diferentes experiências com a língua ao redor do mundo. Portanto, pode ser reproduzido na íntegra. Trechos específicos ficam a critério do professor. Destaque para as entrevistas dos escritores José Saramago, de Portugal, e Mia Couto, de Moçambique, que utilizam diferentes expressões linguísticas em sua literatura, muito marcada pela regionalidade.

O primeiro passo é conversar com os alunos a respeito do que eles conhecem sobre o português falado em diferentes países. Exiba o filme todo em duas aulas. Se achar mais conveniente, peça que eles assistam ao longa em casa ou organize uma sessão no contraturno. Em seguida, divida a turma em grupos e peça uma pesquisa sobre diversos povos lusófonos com um foco específico: cinema, literatura, história etc., a critério de cada equipe. A pesquisa pode ser apresentada em painéis, com imagens e texto.

Avaliação 

Observe a participação de cada estudante durante o trabalho em grupo, identificando se os conhecimentos que possuíam antes da exibição do documentário e da realização da pesquisa se ampliaram.

Créditos: Cláudio Bazzoni Formação: assessor da prefeitura de São Paulo

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias