Espanhol: 8º ano - criação de um restaurante mexicano

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

  • Conhecer aspectos da cultura mexicana (festas, músicas, vestimentas, comidas);
  • Construir repertório de vocabulário relativo a comidas e expressões de uso cotidiano;
  • Falar espanhol para se comunicar em situações determinadas.

Conteúdo(s) 

  • Nomes de alimentos em espanhol
  • Textos instrucionais usados em receitas
  • Estruturas de frases usadas para pedir e oferecer um produto

Ano(s) 

Tempo estimado 

1 semestre

Material necessário 

  • Receitas de comidas típicas mexicanas;
  • Menu de restaurantes mexicanos (encontrados na internet);
  • Publicidades de restaurantes mexicanos (encontradas na internet);
  • Estrutura para montar o restaurante (pratos, talheres, guardanapos, cadeiras, mesas, micro-ondas) de acordo com as possibilidades da escola;
  • Filme sugerido: "Como água para chocolate".

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Introdução 

Este é o quinto de uma série de oito projetos didáticos de espanhol para alunos do Ensino Fundamental II. As aulas são publicadas quinzenalmente. Confira a série completa ao lado.


Proponha aos alunos a montagem de um restaurante mexicano e decida, com eles, em que situação do cotidiano escolar ele será apresentado aos demais estudantes. Pode ser durante uma festa da escola, na feira do livro, uma gincana ou outra comemoração.

Após fazer a proposta, prepare com a turma um planejamento inicial do que terão que fazer para que o restaurante funcione. Fixe o plano da parede na sala ou no caderno dos alunos, para que possam consultá-lo. Alguns itens devem ser pensados: ambientação, cardápio, apresentação dos garçons e garçonetes, filmes que podem ser projetados numa televisão do restaurante, músicas que serão tocadas, como irão falar com os clientes entre outros aspectos.

2ª etapa 

A partir do planejamento do restaurante, proponha que os alunos iniciem uma pesquisa sobre a vida cultural mexicana para que possam começar a pensar em como ambientar o restaurante, que comidas irão oferecer, entre outros aspectos.

Leve para sala, textos, imagens, trechos de filmes e o que mais encontrar para iniciar uma aproximação dos alunos com essa cultura.

Após trabalharem com esses materiais - que devem estar em espanhol - organize os alunos em grupos para que comecem a pensar em como seria o restaurante mexicano ideal de cada um deles. Explique que cada grupo deve fazer uma proposta e, ao final da etapa, apresentar aos colegas. Neste momento, coloque no quadro as principais sugestões dos grupos e decida, coletivamente, como será a proposta final.

3ª etapa 

Nesta etapa do trabalho, foque na leitura de materiais que envolvem a criação de um restaurante mexicano. Para tanto, proponha que a turma analise textos em espanhol sobre o tema em questão - cardápios de restaurantes mexicanos, propagandas, receitas de comidas típicas. Quais são as comidas típicas do país? Quais ingredientes são usados? Como são preparadas? Quais os pontos mais importantes ressaltados nas propagandas?

Em seguida, proponha que a turma analise e reflita sobre as estruturas linguísticas dos gêneros em questão. Peça que os alunos observem diversos cardápios com diferentes formas de apresentar o menu ao público. Junto com os alunos, faça uma análise buscando identificar o que é comum a todos os textos. Quais as marcas de linguagem presentes nos cardápios? Como são estruturadas as frases? São textos curtos? Como são as explicações sobre os pratos? Quais adjetivos são usados? Pergunte à turma, também, qual ou quais dos cardápios os convidam de forma mais eficiente e porque. Peça que anotem essas informações para serem usadas posteriormente.

Numa segunda etapa apresente uma lista de pratos e ingredientes e solicite que os alunos montem um cardápio. Desta forma eles vão começar a produzir pensando sobre a estrutura do gênero.

4ª etapa 

Dependendo da disponibilidade do professor, dos alunos e da escola, o grupo pode ir a um restaurante mexicano para conhecer o sabor de alguns pratos e a ambientação dele.

Após a visita, os grupos devem voltam a se reunir e definir novas diretrizes para a montagem do restaurante. Nesta etapa os pratos já devem começar a ser definidos, bem como os ingredientes que irão usar.

Caso o professor não possa levar seus alunos ao restaurante, pode fazer uma consulta na internet buscando ver os cardápios e a ambientação, Se possível encomende em um restaurante comidas que podem ser entregues na escola.

5ª etapa 

Organizados em grupos, os alunos devem recorrer ao planejamento feito previamente, às anotações que tenham nos seus cadernos sobre as comidas e ingredientes e ainda a alguns modelos de cardápios. Com base neles, proponha que escrevam o cardápio, detalhando-o como quiserem.

Após a criação do texto, os alunos podem começar a diagramação do cardápio no laboratório de informática da escola ou desenhando - caso a escola não disponha de computadores. Ao final da aula, os grupos devem entregar ao professor os seus cardápios para que os analise e sugira as mudanças nos mesmos.

6ª etapa 

Apresente aos alunos os textos com marcas e observações do que precisa ser revisado. Explicite as questões de linguagem e destaque os aspectos que mais chamaram a atenção em cada trabalho e porque. Essa análise será feita do ponto de vista linguístico e da apresentação estética.

Em seguida, solicite que os grupos troquem os cardápios entre si e deem sugestões uns aos outros. Para concluir, entregue a cada grupo os cardápios para que sejam revisados.

Proponha que a turma decida, em conjunto, qual dos trabalhos será usado no restaurante. Se considerarem necessário novos ajustes serão feitos nesse cardápio escolhido.

7ª etapa 

Proponha que os alunos comecem a pensar em como irão dialogar com os clientes. Para tanto, solicite que imaginem três situações diferentes. Pode ser, por exemplo, a chegada de um casal que quer comer apenas pratos sem carne; a chegada de uma família em que cada um quer um prato diferente; a chegada de um grupo que veio apenas experimentar as bebidas. Peça que os alunos se dividam em grupos cada um escolha uma situação para apresentar aos colegas. Quais perguntas devem ser feitas aos clientes? Como eles respondem? Quais estruturas de frase são usadas para fazer um pedido? E para responder?

Após planejar e ensaiar, solicite que os grupos se apresentem. Se possível, filme as apresentações para que possam assistir posteriormente e rever alguns pontos que podem ser melhorados.

Assista as situações filmadas com a turma e solicite que indiquem os trechos em que há necessidade de ajuste vocabular ou construção gramatical. Todos os alunos devem anotar esses ajustes para depois colocá-los em prática.

Para concluir o trabalho, proponha que os estudantes voltem aos grupos e revejam os diálogos. Passe em cada grupo para verificar os ajustes que estiverem fazendo. Peça, também, que preparem coletivamente um quadro com as principais frases usadas por garçons e clientes no restaurante.

8ª etapa 

Nesta etapa de finalização do projeto os alunos irão juntos decidir como o restaurante será ambientado a partir de tudo que já conheceram sobre o México. Sugere-se que acordem como irão se vestir, o que colocarão sobre as mesas, como vão apresentar os pratos e o que será projetado na televisão ou data-show.

Produto final 
Montagem de um restaurante mexicano na "Feira de Ciência", ou em outro evento da escola, com comidas típicas mexicanas, onde os garçons, cozinheiros e caixas falem espanhol e os clientes sejam convidados a falar espanhol para ser atendidos.

Avaliação 

Avalie as diferentes etapas do planejamento do restaurante, como a organização das tarefas, a pesquisa sobre o tema, a criação dos slogans e das campanhas publicitárias, os menus, a montagem do restaurante, o guia de "frases que você precisa saber para comer em nosso restaurante" que será entregue aos clientes, a preparação das comidas, o atendimento aos clientes e o uso do espanhol no dia da Feira.

Créditos: Claudio Muzzio Formação: Professor de espanhol do Colégio Miró, em Salvador

Compartilhe este conteúdo: