Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Planos de Aula
02 de Setembro de 2017 Imprimir
5 4 3 2 1

Espaço Foma e Geometria

Por: professor

Objetivo(s) 

Identificar características de figuras geométricas e relações entre elas.

 

Conteúdo(s) 

 

 

Ano(s) 

4º, 5º

Tempo estimado 

5 Aulas

Material necessário 

Cópia dos desenhos indicados e figuras para compor os desenhos.

 

 

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Forme grupos de quatro alunos e entregue a cópia do desenho número 1. Em sua mesa, disponibilize figuras que compõem esse desenho, de modo que todos possam encontrar a cópia que desejarem. 

 

Cada grupo precisa decidir quais figuras selecionar para formar um desenho igual ao do modelo acima. Diga que devem ser escolhidas imagens que cubram cada contorno do desenho (não se pode tapar dois contornos pequenos com uma figura grande nem cobrir com duas ou mais figuras pequenas um contorno grande). Cada grupo deverá entrar em acordo sobre quais figuras são necessárias e pedir que um dos alunos busque as formas eleitas. Esse estudante não pode levar a cópia do desenho recebido nem um esboço feito pelos colegas. Ele pode pegar todas as figuras que julgar necessárias, mas só pode levar anotações sobre a quantidade de figuras, suas formas, a quantidade de lados de cada figura, as medidas que considera necessárias etc.

2ª etapa 

Com as figuras em mãos, o grupo deve se organizar para cobrir todo o desenho (sem tapar nenhum segmento, nem deixar que sobre algum espaço vazio). Aquele grupo que conseguir realizar a tarefa e não precisar voltar à mesa para buscar novas imagens é o ganhador. Depois de anunciar o vencedor, proponha aos grupos que não conseguiram completar a atividade que voltem até a mesa onde estão as figuras e façam as trocas e ajustes necessários.

 

3ª etapa 

Nesta etapa, o objetivo é levar os alunos a explicitarem os critérios que usaram para selecionar as figuras. Proponha que leiam algumas das anotações feitas durante o trabalho em grupo para orientar o estudante na escolha das figuras e na análise de suas propriedades. Essas informações podem ser anotadas no quadro para que todos as compartilhem. Investigue também se os estudantes ficaram em dúvida sobre qual figura pegar e por quê. Essa lista vai se converter num importante registro e fazer com que as crianças notem a importância da formulação precisa das figuras. A escolha de figuras como o trapézio retângulo pode não ser simples para a maior parte das crianças. Isso porque a identificação desse quadrilátero, que ainda para grande parte dos alunos não tem nome, exige que descrevam várias de suas características, como por exemplo: "Tem quatro lados"; "Tem uma ponta"; "Parece um retângulo com um pouco de triângulo". E muitas dessas informações podem ter sido insuficientes para a seleção da figura correta. Não se preocupe em conseguir com que as crianças incorporem o termo trapézio como produto desse trabalho. Mais importante do que isso é que enxerguem com maior clareza as características essenciais para identificar uma figura. Para encerrar esta etapa, elabore um cartaz com a síntese das conclusões que o grupo fez até esse momento. O registro pode incluir descrições de figuras e dicas para descrever outras. Peça aos alunos que anotem as informações no caderno.

4ª etapa 

Apresente o desenho número 2, conforme o modelo abaixo. 

 

De acordo com as características ressaltadas pelos alunos, elas podem não ser suficientes. Por exemplo: se consideram apenas as pontas que faltam ou, ao contrário, contaram somente os lados, vários desenhos poderiam ser formados. A análise de erros e acertos pode ser uma boa oportunidade para destacar a importância de aprofundar a descrição e mostrar a insuficiência de uma só característica para identificá-la. Outras figuras que trarão certo nível de complexidade serão o paralelogramo e o trapézio isósceles. Muitas crianças as confundirão por causa de seus lados inclinados ou pela semelhança entre as medidas de alguns de seus lados. Mas não se espera que a classificação de quadriláteros seja o produto desse trabalho. O objetivo é criar situações nas quais os alunos se deparem com a necessidade de descrever figuras e selecionar algumas entre várias.



 

Avaliação 

Distribua outra figura e proponha aos alunos que listem suas características. Ao finalizarem a tarefa, peça que digam se ainda falta agregar alguma característica que faça com que se possa saber com certeza qual é a figura entre outras que se queira selecionar.   Conteúdo relacionado Mais sobre geometria ESPECIAIS Tudo sobre Matemática Tudo sobre Geometria

Flexibilização 

Etapa 2 Para que ele tenha uma participação efetiva, oriente-o a segurar uma ou duas figuras até que seu grupo perceba o momento de ela ser colocada. Etapas 3 e 4 Tanto aqui como na 3ª etapa, planeje com o AEE outras atividades que explorem a identificação e o reconhecimento das figuras.

Deficiências 

Intelectual

Créditos: Cleusa Capelossi Reis Formação: formadora de Matemática em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar