Efeitos da Aids

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

- Identificar as formas de transmissão e prevenção de DST.
- Entender o mecanismo de ação do vírus da Aids, o HIV, no organismo humano.
- Conhecer os avanços da ciência no combate à doença e na busca de sua cura.
- Discutir o preconceito em relação a ela.

Conteúdo(s)

- DST, com ênfase em Aids.
- Avanços da ciência no combate a ela.
- HIV e sua ação no organismo.
- Tratamentos e prevenção.

Ano(s) 

7º, 8º, 9º

Tempo estimado 

5 aulas

Material necessário 

Cópias da reportagem A Cura da Aids da revista SUPERINTERESSANTE, pôster da edição 273 da revista NOVA ESCOLA (disponível para download aqui) e computador com acesso à internet.

pôster aids

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Questione os alunos sobre as DST. É provável que lembrem da Aids. Registre as respostas no quadro e incentive-os a anotá-las. Diga que elas serão comparadas com os conhecimentos adquiridos após o trabalho com o tema.

Apresente informações sobre as DST mais frequentes, como herpes, papilomavírus humano (HPV), gonorreia, sífilis e Aids.Monte uma tabela destacando as formas de transmissão, os sintomas e o tratamento. Use como referência abr.ai/saude-ms.

2ª etapa 
Retome com os alunos o que escreveram a respeito da doença na 1ª etapa. Apresente um breve histórico sobre o vírus HIV, destacando a sua origem em chimpanzés.
 
Exiba o pôster da revista NOVA ESCOLA, que mostra a ação do vírus no organismo, sua transmissão e informações sobre prevenção. Peça que analisem o esquema apresentado.
 
Ajude-os a compreender cada etapa. Sistematize as informações no quadro, com a ajuda da classe.
 
Diga que o vírus se espalha pelo sangue e se concentra nas secreções (esperma, líquidos vaginais e leite materno). Explique que, em média, formam-se 100 bilhões de cópias virais por dia e que o material genético, o RNA, gera mutações espontâneas – não se copia exatamente da mesma forma – tornando-se resistente aos medicamentos. Utilize como referências abr.ai/gov-aids, abr.ai/drauziovarella, abr.ai/bbc-aids.

3ª etapa 
Retome o ciclo da doença com os alunos e desafie-os a propor formas de tratamento com base no que estudaram nas etapas anteriores. Eles podem dar ideias que nem existem. O importante é que criem hipóteses e as justifiquem. Solicite uma pesquisa sobre os medicamentos usados para o controle da replicação viral e a melhora da qualidade de vida do paciente. Peça que exponham o que encontraram e façam uma lista dos cuidados disponíveis atualmente. Relacione as hipóteses levantadas com os tratamentos reais.
 
Relembre o ciclo da doença e discuta as formas de prevenção. O uso da camisinha nas relações sexuais é a forma mais eficaz de evitar a Aids. É importante conscientizá-los sobre isso. Relembre a contaminação do feto no caso de gestantes portadoras do vírus. Informe que elas devem iniciar o tratamento cedo a fim de evitar que o vírus seja transmitido à criança. Hoje, é perfeitamente possível para uma mulher com HIV engravidar e dar à luz um bebê livre do vírus. Fale também sobre a contaminação via objetos cortantes. Sistematize as possibilidades de prevenção. Use como referências abr.ai/gov-aids-prevencao.

4ª etapa 
Compartilhe com a turma os avanços da ciência na busca pela cura da Aids. Informe sobre novos medicamentos que estão sendo testados, o desenvolvimento de vacinas e as técnicas de reengenharia genética – voltadas a modificar geneticamente o corpo humano e torná-lo resistente ao vírus. Proponha a leitura da reportagem A Cura da Aids, da revista SUPERINTERESSANTE. Ela conta que o paciente americano Timothy Ray Brown recebeu um transplante experimental de medula óssea e, por causa disso, se livrou do vírus HIV. Se possível, exiba o vídeo Paciente Curado do Vírus HIV na Alemanha Renova as Esperanças sobre a Cura da Aids. Converse sobre os avanços da Medicina. Enfatize que, apesar deles, a doença ainda é séria e a prevenção fundamental.

5ª etapa 
Se a escola tiver acesso à internet, exiba o vídeo HIV, e Daí?. Caso não, proponha que assistam em casa ou em lan houses. O vídeo fala de dois jovens soropositivos que, mesmo com todas as barreiras impostas pelo HIV, levam uma vida normal. Discuta dois aspectos: um referente à rotina dos soropositivos, outro com relação aos preconceitos ligados à Aids.
 
Debata as dificuldades citadas pelos entrevistados em relação ao tratamento e às preocupações diárias. Em seguida, chame a atenção para as barreiras da discriminação citadas por eles. Provoque os alunos perguntando: “Quem pega Aids?”. É importante entenderem que a doença pode ser adquirida por qualquer pessoa. Basta fazer sexo sem proteção. Eles devem perceber que o preconceito e a criação de estereótipos os levam a achar que a Aids não faz parte de seu círculo de amigos, deixando de se prevenir. Informe-os ainda que a discriminação é um dos maiores problemas enfrentados pelos portadores do vírus, sejam eles adultos ou crianças. A classe deve entender ainda que não é o contato com portadores ou doentes que transmite a enfermidade. Para exemplificar, utilize as partes do vídeo que falam sobre isso.

Avaliação 

Solicite que a turma faça um panfleto com as principais informações sobre a Aids para ser distribuído na escola. Informe que os leitores serão adolescentes. Então, é necessário usar uma linguagem simples e direta. O material deve responder às seguintes questões: - O que é Aids? - Como o HIV atua no nosso corpo? - Quais são as formas de transmissão da doença e como preveni-la? - Qual o tratamento disponível atualmente?

Créditos: Carolina Garcia martins Cargo: Pesquisadora da Abramundo Formação: Farmacêutica-bioquímica

Compartilhe este conteúdo: