DITADURA MILITAR NO BRASIL - PLANO DE AULA SEMANAL

POR:
professor

Objetivo(s) 

- Analisar o período histórico por meio de relatos de quem viveu durante o regime militar no Brasil.
- Identificar várias interpretações da História sobre o mesmo fato.

Conteúdo(s) 

Regime militar no Brasil.

Ano(s) 

Tempo estimado 

quatro aulas.

Material necessário 

Computador com acesso à internet, máquina fotográfica, toca-CD, gravador, cartolinas e canetas. Filmes: O Que É Isso Companheiro (Bruno Barreto, 110 min, RioFilme, tel. 21/2132-3200) e Zuzu Angel (Sérgio Rezende, 100 min, Warner Home Video, tel. 11/3016-2900). Músicas do período militar.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Converse com os alunos sobre a ditadura militar. Passe trechos dos filmes sugeridos, leve músicas da época para ouvirem e apresente o assunto. Conte que eles vão pesquisar sobre o período e, em grupos, irão produzir uma apresentação. Indique blogs e sites confiáveis para a pesquisa (como www.historianet.com.br e www.cafehistoria.ning.com) e navegue com eles. Peça que na próxima aula as equipes levem outras imagens sobre o assunto e explique que elas serão usadas na apresentação. Exposto o material, retome as discussões acrescentando informações.

2ª etapa 

Oriente os estudantes a refazer os painéis com base nas mudanças propostas por você, explicando como realizar a organização e a disposição das informações. Peça um roteiro da apresentação com base numa síntese das ideias que cada grupo preparou. Confira essa produção textual e, se necessário, sugira novas alterações.

Avaliação 

Produto final  Painel sobre a ditadura. Avalie todos os materiais produzidos (textos, esboços, roteiros, entrevistas e comentários), a organização e a desenvoltura de cada grupo ao longo das atividades, até o dia da exposição.  

Flexibilização 

É fundamental contar com um intérprete de libras na sala para que o aluno surdo acompanhe o que o grupo diz. Antecipe os conteúdos que serão trabalhados, tanto para o intérprete, quanto para o aluno, junto ao AEE. Além dos filmes e músicas, você também pode levar imagens de situações importantes do período de ditadura militar. Na segunda etapa, sugira que o aluno fotografe a entrevista e depois tome nota das anotações feitas por outro colega. Se o aluno surdo for capaz de fazer a leitura orofacial, recomende aos colegas do grupo para que falem um de cada vez, para que o aluno acompanhe a discussão e também possa opinar. É importante que ele apresente o trabalho junto de seu grupo. Se ele dominar libras, o intérprete pode ajudar na tradução da língua de sinais para a classe.

Deficiências 

Auditiva

Créditos: Juliano Custódio Sobrinho Formação: Professor da Universidade Nove de Julho (Uninove).

Compartilhe este conteúdo: