Discutir estratégias para resolver problemas

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

- Reconhecer que há mais de uma possibilidade de resolução para a mesma situação-problema.
- Socializar diferentes estratégias para conhecer e entender outros procedimentos de cálculo.

Conteúdo(s) 

Resolução de problemas 

Ano(s) 

1º, 2º, 3º, 4º, 5º

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Divida a turma em duplas e apresente o problema: "Paulo tinha 47 figurinhas em seu álbum. Ontem, colou 12. Quantas figurinhas Paulo tem?" Cada dupla deve discutir as possibilidades de resolução que serão utilizadas. Circule pela sala e verifique os procedimentos empregados. Nesse momento, não intervenha ou dê pistas sobre como resolver. Caso a turma apresente dificuldades, intervenha perguntando: o que aconteceu com as figurinhas? Peça que registrem seu pensamento. Isso facilita a organização das ideias e permite que cada um tenha mais clareza do que é solicitado. Proponha que as crianças que usaram diferentes procedimentos troquem de duplas e expliquem para o colega como resolveram. Incentive-as a comparar as estratégias, e não apenas o resultado final. Peça que três alunos expliquem os procedimentos utilizados para o restante da classe (o ideal é que pelo menos um utilize a contagem). Por exemplo: o que contou se perdeu e chegou a 51. O segundo contou 12 vezes a partir do 47 e chegou a 58. O último apresentou a seguinte resolução 10 + 10 + 10 + 10 + 10 + 7 + 2 = 59. Questione: qual foi o caminho utilizado? Por que você resolveu assim? Outros estudantes que fizeram da mesma forma podem ajudar a explicar. Proponha uma reflexão sobre os resultados obtidos com base no uso da contagem e da decomposição. Pergunte: os cálculos para esse problema estão certos? Em qual deles é menor a margem de erro? Por quê? Peça que eles registrem o raciocínio utilizado.

Avaliação 

Analise os registros feitos por cada aluno e se eles avançaram em relação aos procedimentos utilizados. Observe também a participação nas situações de discussão, registrando as opiniões.

Flexibilização 

Nem sempre o aluno com deficiência intelectual vai conseguir resolver um mesmo problema com base em diferentes estratégias, mas é importante que ele compartilhe como conseguiu resolver e perceba como os colegas o fizeram. Se ele conseguir encontrar uma forma adequada para resolver problemas do campo aditivo, por exemplo, esse já pode ser um grande avanço. Vale, também, relacionar os problemas com assuntos cotidianos, que façam parte do dia a dia da criança. Utilizar recursos visuais, como as figurinhas do álbum citado nesta atividade, contribui para que o aluno consiga compreender as estratégias que podem ser utilizadas. Amplie o tempo de realização das atividades, antecipe as etapas para o aluno sempre que possível e conte com a ajuda dos responsáveis pelo AEE.

Deficiências 

Intelectual

Créditos: Rosiane Ribeiro Formação: Professora da EM Pauline Paruker, em Joinvile, SC

Compartilhe este conteúdo: