A caixa da transformação

POR:
NOVA ESCOLA

Objetivo(s) 

Resolver problemas de adição com incógnitas em diferentes posições: estado final, estado inicial e na ransformação.

 

Conteúdo(s) 

Adição

 

Ano(s) 

1º, 2º, 3º, 4º, 5º

Tempo estimado 

Atividade permanente.

Material necessário 

Uma caixa de papelão com tampa, tampinhas, bolinhas de gude ou quaisquer objetos que caibam na caixa.

Desenvolvimento 

1ª etapa 
Ilustração Carlo Giovani
Ilustração Carlo Giovani

 

Problemas de transformação com incógnita no estado final: 
8 + 7 = ?

Com incógnita no estado inicial:
?+ 12 = 25 

Com incógnita na transformação:
 7 + ? = 19 

Peça ajuda aos alunos no começo desta atividade. Um deles deve colocar 8 tampinhas na caixa e outro 7. Em seguida, questione a turma para saber quantas ficaram lá dentro. A resolução deve ser individual, e os procedimentos, anotados em seu caderno. Pergunte como fizeram para resolver e, por fim, proponha que uma criança confira, contando as tampinhas que ficaram na caixa.

2ª etapa 

Com outros valores, mude a posição da incógnita do enunciado. Peça que um aluno da classe pegue 7 tampinhas e as coloque na caixa. Depois, coloque mais um punhado lá dentro. Peça que outra criança conte o total de tampinhas da caixa. Então, pergunte aos estudantes: 
"Eu tinha 7 tampinhas na caixa. Coloquei algumas e agora tenho 19. Quantas eu coloquei?" 

É possível que alguns alunos somem os números do enunciado (7 + 19 = 26), utilizando um procedimento válido apenas para o problema da primeira etapa. Coloque esse procedimento em discussão e explicite que o número encontrado é maior do que o total.

3ª etapa 

Esvazie a caixa e, sem que os alunos vejam, coloque lá 13 tampinhas. Na frente deles, coloque mais 12. Em seguida, lance o desafio: 
"Nesta caixa, já havia algumas tampinhas. Coloquei 12 e ficaram 25. Quantas havia no começo?"

Vários caminhos vão surgir.

Avaliação 

As crianças das séries iniciais podem começar a se familiarizar com as ideias do campo aditivo e explicitar oralmente as estratégias utilizadas ao resolver problemas. Promova situações que possibilitem aos pequenos explicar como fizeram os cálculos e proponha outros problemas como esses para que possam usar as estratégias discutidas. Tente fazer outras variações envolvendo mais de uma transformação. Por exemplo: José ficou confuso depois de bater figurinhas com Miguel. Eles jogaram duas partidas. José ganhou 45 na primeira e, na segunda, perdeu 52. Ele contou as 63 figurinhas que estavam em sua mão, mas não conseguiu lembrar quantas tinha antes de começar o jogo. Ajude-o a calcular esse número.

Créditos: Priscila Monteiro Formação: formadora do projeto Matemática É D+

Compartilhe este conteúdo: