BRINCAR E APRENDER

POR:
professor

Objetivo(s) 

  • Conhecer a origem do futebol (em que ano surgiu, em que país, onde e por quem era praticado, quais eram as regras básicas da modalidade).
  • Analisar diferentes estratégias de jogo.
  • Praticar o futebol, aproximando-o de elementos de outras modalidades esportivas e das brincadeiras de rua.
  • Aprender alguns fundamentos da modalidade: deslocamentos, paradas bruscas, mudanças de direção, velocidade, agilidade, drible, domínio de bola, passe, chute, desarme, cabeceio etc.

Conteúdo(s) 

 

  • Futebol: história e evolução da modalidade.
  • Regras básicas e possíveis adaptações da modalidade.
  • Fundamentos do futebol.
  • Possibilidades táticas defensivas e ofensivas.






 

 

 

 


 

Ano(s) 

Creche, Pré-escola

Tempo estimado 

50 MINUTOS

Material necessário 

Bolas de borracha, de iniciação esportiva, feitas com meia, de jornal com fita adesiva, de futebol, de futsal com diferentes pesos e tamanhos, garrafas plásticas, cones ou minicones, bambolês e giz.

Flexibilização

Para alunos com deficiência visual
Para a etapa de pesquisa é importante que a criança com deficiência visual tenha acesso a materiais em braile ou a softwares que possibilitam o acesso à internet, como o Jaws ou o DosVox. Antes das atividades práticas, leve o aluno à quadra para que ele reconheça o espaço. Mostre a ele os limites que serão colocados – como os cones, as traves, os bambolês etc. – e reserve um tempo para que o aluno se acostume. Uma bola com guizo é outro recurso indispensável para que o aluno cego tenha autonomia para jogar e se guie pelo som. No jogo de futepar (na 4ª etapa desta sequência) proponha que as duplas sejam formadas por um aluno que enxerga e outro cego (nas duplas formadas por crianças que enxergam uma das crianças fica com os olhos vendados). Além de trabalharem de mãos dadas, o jogador sem vendas deverá orientar verbalmente o que está vendado.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

É bem possível que todos os seus alunos conheçam o futebol e assistam a alguns jogos (ao vivo ou pela televisão).  peça aos alunos que pesquisem em livros, jornais, revistas ou na internet a história, as regras e comece uma discussão a respeito da modalidade aproveitando os conhecimentos que a turma já tem a respeito desse esporte.

Proponha uma conversa inicial sobre a modalidade e solicite que a turma comente o que descobriu na pesquisa feita em casa. Os temas que não devem faltar na discussão são a origem do futebol, as regras básicas da modalidade, os grandes times e jogadores da história.

2ª etapa 

Após a conversa inicial, comente sobre a importância do alongamento para a prática esportiva e, em seguida, proponha uma nova atividade, um alongamento conduzido por você, professor, com sequências de movimentos pré-determinadas e com ênfase nos membros inferiores – mais requisitados durante uma partida de futebol.

Depois do alongamento, sugira à turma uma atividade de transporte, que deverá ser realizada na quadra da escola ou em um espaço dedicado à prática esportiva. Os alunos são divididos em duas equipes, que ganham o mesmo número de bolas para começar o jogo dentro de seus respectivos gols (traves) – ou outra área delimitada, no caso de escolas sem quadra.

Divida a quadra em duas metades (risque com giz ou aproveite as demarcações do futebol ou do futsal) e recomende que cada equipe escolha um gol para iniciar a partida. O objetivo do jogo é transportar o maior número de bolas possível até o gol da equipe adversária.

Avaliação 

Observe a participação de todos os alunos durante as etapas de pesquisa, discussão em sala e nas atividades práticas propostas. Espera-se que, ao final da sequência, os alunos saibam mais sobre a origem e as regras do futebol, aprendam alguns fundamentos e jogadas da modalidade e aprimorem suas estratégias de jogo.

Compartilhe este conteúdo: