Brincar: diversão e interação

POR:
professor

Objetivo(s) 

- Enriquecer o faz-de-conta com diversos tipos de brinquedos.
- Desenvolver a brincadeira.
- Promover a interação entre os colegas.

-Desenvolver o gosto pelo brincar com diversos tipos de brinquedos.

- Estimular a criatividade ao criar novas possibilidades de brincadeiras.

Conteúdo(s) 

 

Brincadeiras

Ano(s) 

Creche, Pré-escola

Tempo estimado 

Livre.

Material necessário 

Objetos do dia-a-dia e brinquedos industrializados, artesanais ou feitos de sucata.

-Brinquedos antigos

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Organize os brinquedos na sala da maneira que achar mais conveniente - uma sugestão é integrar os objetos do dia-a-dia (vassouras, pneus, pedaços de tecido etc.) a todos os modelos de brinquedos disponíveis. Apresente o ambiente aos pequenos, fazendo-os perceber que existem outros tipos de brinquedos além dos industrializados. Se houver produtos artesanais, conte à turma como foram feitos. Se possível, leve itens da própria coleção de infância (bonecas, piões, carrinhos), explicando como você brincava quando criança.

2ª etapa 

Deixe todos agirem livremente, reorganizando o ambiente ou imaginando outros usos para os móveis que você concebeu. Aproveite para investigar que tipo de brincadeira eles inventam. Evite a abordagem direta: prefira a observação, que servirá de base para ampliar o faz-de-conta.

Observe se eles identificaram algum brinquedo  que não seja industrializado.

Pergunte a eles se já viram algum dos brinquedos diferentes (os antigos) em algum lugar e se sabem como se brinca com eles, se tem curiosidade em saber.

Avaliação 

Preste atenção à interação e à socialização entre as crianças e às formas como imitam, reproduzem e recriam as normas e os costumes que observam no meio em que vivem. Use essas observações para criar objetos diferentes. Peça ás crianças que contem o que mais gostam de imitar ,  que tipo de normas existem na casa  delas e explique a importância das normas e costume. Observe como elas utilizam a ciatividade, o raciocínio lógico  e a percepção na criação de novos objetos a partir daqueles que lhes foram apresentados.

Créditos: Dilse Lopes Monteiro Formação: Professora do CMEI Criança Feliz, em Ariquemes, RO, e Adriana Klisys, consultora em Educação Infantil da Caleidoscópio Brincadeira e Arte, em São Paulo. Créditos: Adriana Klisys Formação: Consultora em Educação Infantil da Caleidoscópio Brincadeira e Arte, em São Paulo.

Compartilhe este conteúdo: