Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Planos de Aula
02 de Setembro de 2017 Imprimir
5 4 3 2 1

Biodiversidade: Hotspots ambientais

Por: novaescola

Objetivo(s) 

  • Conhecer o conceito de hotspot ambiental e entender a importância da conservação das áreas assim denominadas.
  • Localizar os hotspots no mundo e no Brasil e buscar informações relevantes sobre cada um deles.
  • Trabalhar procedimentos de pesquisa.

Conteúdo(s) 

  • Biodiversidade, conceito de hotspot, preservação, conservação e degradação.

 

 

Ano(s) 

6º, 7º, 8º, 9º

Tempo estimado 

Cinco aulas

Material necessário 

  • Lápis preto e colorido, borracha, tesoura, cola, canetas hidrográficas, cópia do Mapa Mundo, cartolina, papel Kraft, tintas atóxicas: preta, azul, vermelha e amarela.
  • Material de Pesquisa: livros, revistas e computadores com acesso à internet.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Introdução 

Esta aula é parte de uma série de 21 sequências para as turmas do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. O conteúdo é produzido em parceria com o Planeta Sustentável. Confira ao lado as aulas que já estão disponíveis.

Nas aulas aqui propostas, a intenção é levar a turma a compreender o conceito de "hotspot" ambiental e a importância da preservação das áreas assim denominadas. Hotspot foi o termo escolhido em 1988 pelo cientista ambiental inglês Norman Myers, da Oxford University, para identificar regiões que concentram os mais altos níveis de biodiversidade da Terra e que são, ao mesmo tempo, as áreas mais ameaçadas do planeta. Para ser considerada hotspot, a área precisa conter, no mínimo, 1500 espécies de plantas endêmicas (que só nascem naquele local) e ter perdido mais de ¾ de sua vegetação original.

Hoje, de acordo com levantamento da organização não governamental Conservação Internacional, existem 34 hotspots no planeta. Juntos, eles cobrem menos de 3% da superfície total. Identificá-las foi o primeiro passo para incentivar a discussão de políticas públicas que garantam sua preservação.

Para que os alunos aprendam sobre esse tema e compartilhem esse conhecimento com a comunidade escolar, a proposta é a pintura de um grande mapa-múndi na escola, onde estarão identificados todos os hotspots.

Antes de dar início à atividade, converse com a equipe gestora e busque conjuntamente um local adequado para a pintura do mapa. Caso não haja nenhuma parede ou piso disponível, considere a opção de produzir um painel removível, que possa ficar exposto durante algum tempo. 

Questione os alunos se eles conhecem algo sobre o termo hotspot. Apresente-os ao termo e fale sobre a importância dessas áreas para a conservação da biodiversidade do planeta. Fale também sobre os conceitos de biodiversidade, conservação e degradação ambiental. Para isso, use os textos de apoio abaixo. Em seguida, apresente a ideia da produção do mapa, a ser realizada a partir da próxima aula.
 

Texto de apoio

HOTSPOT AMBIENTAL

É toda área prioritária para conservação, isto é, de alta biodiversidade e ameaçada no mais alto grau. Para ser considerada hotspot, uma área deve ter pelo menos 1.500 espécies endêmicas de plantas e, ao mesmo tempo, ter perdido mais de 3/4 de sua vegetação original.

Fonte: Conservação Internacional - Brasil  

BIODIVERSIDADE (OU DIVERSIDADE BIOLÓGICA)

É a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial consumida pelo ser humano. Para entender o conceito de biodiversidade, devemos considerar o termo em dois níveis diferentes: todas as formas de vida, assim como os genes contidos em cada indivíduo, e as inter-relações entre elas (quando a existência de uma espécie afeta diretamente muitas outras), ou seja, os ecossistemas.

WWF Brasil

CONSERVAÇÃO

É o manejo do uso humano de organismos e de ecossistemas com a finalidade de garantir a sustentabilidade desse uso. Além disso, conservação inclui proteção, manutenção, reabilitação, restauração e melhoramento das populações e dos ecossistemas.

IUCN - International Union for Conservation of Nature

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

Ocorre quando há uma modificação no meio ambiente que altere as características físicas, químicas e biológicas presentes nesse meio, inviabilizando sua regeneração ou recuperação de forma natural.

IUCN - International Union for Conservation of Nature

 

2ª etapa 

Inicie com a turma a produção do mapa. Ele deverá conter a delimitação de todos os continentes e a demarcação de todos os hotspots.

O primeiro passo é fazer a reprodução ampliada de um mapa-múndi em papel, que permitira a criação de um molde para a pintura final. Uma maneira de fazer isso é projetar o mapa em uma parede com a ajuda de um retroprojetor. Na parede, os alunos deverão colar folhas de papel tamanho A1 e riscar os continentes e oceanos.

O passo seguinte é recortar os moldes dos continentes e, em seguida, afixá-los provisoriamente no local definitivo do mapa. Feito isso, os alunos deverão riscar com lápis preto os limites de continentes e oceanos.

Depois dessa demarcação, peça para os alunos retirem os moldes e façam o contorno final com um pincel fino e tinta preta. Tenha sempre disponível um mapa de apoio em escala menor para tirar eventuais dúvidas.

Mapas de apoio podem ser obtidos nos seguintes endereços:
http://eco.ib.usp.br/lepac/conservacao/ensino/imagens/hotspots.gif  
http://www.conservation.org.br/arquivos/Mapa%20Hotspots%202005.pdf
 

3ª etapa 

Nesta aula, os alunos deverão acrescentar ao mapa as áreas consideradas hotspots. O procedimento é o mesmo da aula anterior. Os alunos podem usar os mesmos moldes e projetar neles as áreas dos hotspots. Após delimitar todas as áreas, escolha com os alunos uma cor para pintar os hotspots e outra para o restante das áreas emersas. Como tarefa de casa, peça aos alunos que busquem em livros, revistas e sites informações sobre todos os hotspots existentes. Para auxiliar o trabalho dos alunos, selecione previamente sites confiáveis e indique bibliografia disponível na biblioteca da escola ou mais próxima.

4ª etapa 

Proponha que a turma, em duplas, produza uma síntese sobre cada Hotspot, com base no material levantado na pesquisa. Distribua a tarefa entre as duplas de modo a evitar retrabalho. Cada síntese deverá conter as características principais do hotspot: localização, extensão, espécies endêmicas, área preservada, particularidades e principais destaques. As duplas devem se ajudar, compartilhando informações e emprestando os materiais coletados na pesquisa.

Os sites a seguir são boas fontes de pesquisa:
http://www.infoescola.com/geografia/hotspot-ambiental/
http://www.cenedcursos.com.br/hotspots-conservacao-biodiversidade.html  
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/ambiente/conteudo_239360.shtml  
http://www.biodiversityhotspots.org/xp/hotspots/  
http://www.conservation.org.br/publicacoes/files/investigando_a_biodiversidade.pdf  
http://www.conservation.org.br/publicacoes/files/HotspotsRevisitados.pdf  
 

5ª etapa 

Nesta aula, os alunos deverão confeccionar cartazes contendo as sínteses dos 34 Hotspots produzidas na última aula. Os cartazes deverão ser afixados próximo ao mapa, para que todos os alunos da escola tenham acesso às informações. Antes disso, cada dupla deverá apresentar ao grupo as informações do hotspot que ficou sob sua responsabilidade.
 

Avaliação 

Avalie a participação dos alunos nos momentos da pesquisa, no trabalho em grupo e na produção final do painel e dos cartazes. Durante a exposição dos cartazes aproveite para questionar os alunos sobre os conceitos trabalhados em sala de aula.

Créditos: Ana Lucia Gomes dos Santos Formação: Geógrafa e Professora do Centro Universitário FIEO

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar