Animais "faxineiros"

POR:
novaescola

Objetivo(s) 

  • Aprender a importância de animais necrófagos;
  • Debater a noção de "nojento": ela se aplica aos animais?

Conteúdo(s) 

Decomposição

Ano(s) 

3º, 4º

Tempo estimado 

1 aula

Material necessário 

Imagens de animais necrófagos

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Comece perguntando aos alunos quem gostaria de ter um urso panda ou um cachorro como bicho de estimação. É bem possível que todos os alunos respondam que gostariam. Agora, faça uma provocação: e um urubu, quem gostaria de ter? Provavelmente, você verá caretas e ouvirá vaias. Aproveite a reação para questionar: o que esses animais têm de tão terrível? Certamente o nojo e o fato de eles não brincarem devem ser as respostas mais frequentes.

2ª etapa 

Continue a discussão perguntando sobre qual o papel do urubu. Distribua aos estudantes a reportagem Como os Urubus Conseguem Comer Carne Podre?, da revista Mundo Estranho, disponível no site de Nova Escola. Peça que eles encontrem no texto a razão de as aves preferirem esse cardápio e da função que elas acabam cumprindo com sua alimentação. Com base nas respostas, aponte que, diferentemente do que se pensa, urubus são inofensivos e desempenham um papel fundamental: comendo restos de animais mortos e de lixo, ajudam a transformar o que parecia perdido, sem utilidade, em nutrientes importantes que vão para o solo (o material que sai na excreção são substâncias orgânicas mais simples do que aquelas que compunham o ser vivo que morreu, pois já passou por digestão). Assim, ajudam outros grupos de seres vivos com fama ruim: fungos e bactérias. Esse nível de aprofundamento já é suficiente, pois, nessa faixa etária, ainda não é necessário enveredar pelas definições de necrófago, decompositor ou detritívoro (como as minhocas, que se alimentam de restos de vegetais na terra).

3ª etapa 

Explique que outro animal com função semelhante é o camarão. Por isso, ele recebe o nome de "lixeiro do mar". Peça aos alunos que descrevam o trabalho do lixeiro: recolher o lixo e acondicioná-lo em um local adequado, ou encaminhá-lo para a reciclagem. Conhecendo o trabalho desse profissional, ele se parece com o feito por urubus e camarões? Mostre que são mais recicladores do que lixeiros.

4ª etapa 

Hora de mostrar que até mesmo as estratégias de reprodução desse grupo de animais podem ajudar na tarefa da decomposição. Explique que muitas moscas e besouros colocam seus ovos em matéria em decomposição. Desses ovos sairão larvas, que também terão um papel de necrófagos. Outro grupo de besouros que se alimenta de restos são os famosos rola-bosta, nome popular de um besouro que rola pequenas esferas de fezes, nas quais coloca seus ovos, cujas larvas se nutrem da matéria em decomposição.

Avaliação 

Por meio de perguntas, verifique se o olhar da turma sobre necrófagos e decompositores mudou com base no novo conhecimento adquirido. Em termos de conteúdo, o fundamental é que os alunos tenham entendido o conceito de que os nutrientes presentes nos seres que morrem são reciclados por organismos na natureza.

Créditos: Marcos Engelstein Formação: Biólogo, professor de Biologia do Colégio Móbile e assessor de Ciências do Colégio Anglo-Brasileiro, ambos em São Paulo.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias