Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Planos de Aula
02 de Setembro de 2017 Imprimir
5 4 3 2 1

Análise de textos literários

Uma forma de desenvolver sensibilidade, criatividade e pensamento crítico

Por: professor
Crédito: Farley Santos (Flickr)

Objetivo(s) 

  • Estimular leitura de textos literários;
  • Desenvolver a sensibilidade de leitura, a imaginação, a criatividade e o pensamento crítico;
  • Estabelecer relações entre o lido e o conhecimento de mundo;
  • Reconhecer a diferença entre sentido literal e figurado;
  • Fazer com os alunos compreendem e manifestar suas opiniões.

Conteúdo(s) 

  • Intertextualidade;
  • Paráfrase, análise e interpretação;
  • O que é interpretar um texto literário e como interpretá-lo;
  • Passar uma letra de música para os alunos, onde os mesmos terão que interpretá-la.

Ano(s) 

Tempo estimado 

03 aulas de 50 minutos

Material necessário 

  • Livro Belo Belo e outros poemas. Manuel Bandeira,
  • Poema O Bicho;
  • Música Brasilis, de Seu Jorge
  • Quadro
  • Gis
  • Computador
  • Caixas de som
  • Caderno
  • Caneta

Desenvolvimento 

1ª etapa 

AULA 01

Introdução

  • Saudar os alunos e colocar a data no quadro. Iniciar uma conversa com os mesmos informando-os que trabalharão interpretação de textos literários.
     

Leitura, análise e hipótese interpretativa

  • Distribua com todos os alunos o poema O Bicho - Manuel Bandeira

O Bicho

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.


Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
 

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
 

O bicho, meu Deus, era um homem.

Manuel Bandeira

 

BANDEIRA, M., Belo Belo, 1948.

  • Escreva no quadro o nome do poema, o livro o qual pertence, o autor e em seguida o ano de publicação;
  • Faça uma leitura com os alunos, esta primeira leitura deve ser feita pelo professor mostrando-os a forma correta de uma leitura de um texto literário;
  • Peça que os alunos destaque palavras de os mesmos desconhecem em todos os versos;
  • Trabalhe com os alunos estes vocabulários, tornando de conhecimento dos mesmo os seus conseguintes significados; 
  • Solicite que os mesmos anotem este vocabulário no cader seguidos de seus significados;
  • Peça que os alunos respondam oralmente mais literalmente possível sobre o que fala o poema;
  • Observar as primeiras impresões dos alunos mas sem persuadí-los a qualquer outro ponto de vista que não seja a deles;
  • Após ouvir as opiniões dos alunos, anotar no quadro as principais opiniões deles e solicitar que eles também anotem em seus cadernos o que disseram;
  • Apartir destas observações, iniciar uma análise mais detalhada com os alunos partindo do título;
  • Pergunte para eles qual o sentido do título do poema O Bicho do ponto de vista deles; e de acordo com as respostas, anotar no quadro;
  • Analise todos os versos do poema, incluinda cada palavra, em cada estrofe de forma literal, dê voz aos alunos para que dizem o sentido eles obtem;
  • Na sequência de cada verso e estrofe, explique o sentido literal e também o sentido contextual e o que pode conter nas entre linhas das estrofes;
  • Pra cada análise, peçam que anotem ao lado de cada estrofe os sentidos obtidos;
  • Faça este processo em todo o texto;
  • No final, pergunte aos alunos se agora o poema faz mais sentidos para eles e por que; ouvir a opinião de vários e anotar no quadro;
  • Demonstre para eles seguido das interpretações construídas juntos que o sentido muitas vezes pode estar explícito em todo o texto mas também pode estar em sentido figurado nos versos
  • Termine fazendo uma análise do texto como um todo, deixando claro o contexto do poema e o porque do autor dar este nome para o texto.
  • Ao finalizar esta aula, pergunte sempre se os mesmos intenderem ou se querem que voltem em algum ponto no poema e explique novamente.

O poema figura uma aproximação da realidade social existente no país da época, infelizmente é uma dura realidade que ainda é muito atual. O autor retrata, denuncia evidemente as diferenças sociais e as questões políticas no Brasil, apesar de ser um país de muitos recursos e meios para que pudesse ter uma outra realidade, sem uma taxa de pobreza alta, sem corrupções e sem violência e crimes alarmantes.

  • Verifique se a classe conseguiu atingir o sentido figurado do poema. Mostre a eles que, para entendê-lo por completo, é preciso analisar a intertextualidade por traz dele.
2ª etapa 

AULA 02

Leitura, análise e hipótese interpretativa

  • Entregue para os alunos a letra da música Brasis - Seu Jorge e analise-a em aula dialogada.
  • Após entregar a letra da música para toda a classe, coloque o título da mesma no quadro com seus respectivo cantor e compositor e o ano
  • Coloque a música para tocar e solicite aos alunos que escutem a mesma acompanhando e fazendo a leitura da letra;
  • No momemento em que a múscia terminar de ser tocada pelo autor, inicie uma conversa com os alunos sobre a forma como aquele texta, aquela música é cantada, interpretada pelo artista, prestar bem atenção nas entonações e rimas;
  • Na sequência faça uma leitura da letra da música como os alunos;
  • Solicite aos alunos que destaque as palavras desconhecidas e ao passo que os mesmos falam estas palavras, anote-as no quadro e peça que os alunos anotem estas palavras em seus cadernos;
  • Trabalhe estas palavras com toda a classe, trabalhe o significado deste vocabulário com os mesmos no sentido literal da palavra e também o contexto de cada uma dentro de seus respectivos versos;
  • Neste momento, para discontrair um pouco a aula, converse normalmente com eles, pergunte se eles já conheciam o cantor Seu Jorge e outras músicas do cantor, fale um pouco mais do cantor e sobre suas músicas e que forma este trabalho do cantor aborda a sociedade;
  • Retomando a letra da música, pergunte para eles se eles entenderam do falava a música e anote no quadro as interpretações literais dos alunos;
  • Despoi de ouvir as possíveis interpretações dos alunos a respeito da música, iniciar uma análise detalhada de cada verso da letra Brasilis
  • Pergunte aos alunos o que é Brasilis, e por que o compositor deu este nome para a música;
  • Analise primeira cada verso em cada estrofe e depois o contexto, o sentido da estrofe num todo com os alunos aproximando-os da realidade e do objetivo da letra da música, chamando sempre a atenção deles ao fazer a leitura dos trechos para o sentido atrás das palavras e explore os sentidos explicando que a música por sua excência tem o ojetivo de falar sobre assuntos sociais e politicos de uma forma disfarçada;
  • Durante as análises dos versos e das estrofes, solicite que os alunos anotem ao lado destas estrofes as interpretações construídas juntos;
  • Explique o poder e a facilidade que a música carrega para tratar diversas questões da sociedade, explique como a música está presente no dia-a-dia das pessoas, seja em qualquer lugar, sempre tem alguém ouvindo alguma música e esta consegue atingir um número maior de ouvinte para estas questões que muitas vezes é censurado e não mostrado por alguns meios de comunicação;
  • Após analiser cada estrofe com os alunos, identifique com eles quais fala a respeito das questões problemas na nossa sociedade e quais assuntos estão sendo abordados;
  • Agora, conversando com os alunos, faça uma análise da letra da música como um todo, identifique o tema da letra e o porque do nome Brasis
  • Pergunte aos mesmos se eles conseguiram ver a realidade do nosso país como identidade na música;
  • Neste momento pergunte aos alunos se eles percebem a relação da música com o poema de Manuel Bandeiro da aula anterior e qual é esta relação;
  • Antes de terminar esta aula, perguntes se toda a classe intendeu o que está sendo falado na letra da música e o seu sentido num todo, pergunte se precisa retomar algum ponto na letra que não foi intendido.

O título da música Brasis traz os diversos países que deparamos no Brasil, ou seja, as diversas realidades, sejam elas de classes, raças, etc. Uma nação tão imensa com seus recurso naturais, suas características e poder economico mas que infelizmente não consegue se erguer e se tornar um país de primeiro mundo apesar de ter condições pra tal, estando a mercê de interesses políticos individualizados onde a populção é que sofrem as consequências. Um país onde se vê uma minoria exageradamente rica, detentores do poder, retratos de imensos casos de corrupções, e uma mairia em situações contrárias, em situações de miséria, onde se vê desemprego, crimes, drogas, escãndalos nos governos sendo estes os detentores dos interesses do povo mas que nada fazem para que mude a realide do país. Como dito na música, uns que batem,que sugam e oustros que apanham.. Na música também retrata as riquezas da sociedade brasileira como suas missigenações de raças, cores e culturas, seus costumes, suas riquezas e identidades naturais, suas lutas e os desejos da sociedade todos os dias de cabeça em pé, a esperança do povo em dias melhores e que de alguma forma esta realidade mude algum dia. É um imenso país que é rico, e que dentro dele existe outro que é pobre, miserável, é um gigante mas que carrega suas fragilidades...

  • Garanta que a sala compartilhe os conhecimentos individuais.
3ª etapa 

AULA 03

Trabalhando os textos

10 minutos iniciais

  • Saudar os alunos. Peça que eles peguem os textos trabalhados nas duas ultimas aulas que são o poema O Bicho - Manuel Bandeira e a letra da música Brasis - Seu Jorge.
  • Antes de iniciar as atividades pergunte aos alunos se querem que retomem algum ponto que não tenha ficado claro o intendimento;
  • Após sanar possíveis dúvidas dos alunos, solicite que os mesmos peguem seus cadernos, caneta, lápis e borracha
  • Coloque a data no quadro e informe a classe que agora que já debateram e estudaram os dois textos e com base nas anotações feitas e interpretadas coletivamente nas aulas anteriores, vamos fazer algumas atividades para vermos se realmente compreendemos os mesmos;

15 minutos

  • Escreve no quadro as questões propostas e aguardem até eles copiarem:

Questões propostas

Sobre o poema O Bicho -  Manuel Bandeira

1.    Como era o lugar onde o personagem foi visto?

2.    O poeta deixa claro logo no início que o personagem “não era um cão, não era um gato, não era um rato”. Por que poderíamos supor, que a personagem fosse um desses bichos?

3.    Por que o autor se refere ao homem como “bicho”?

4.    Que sentimento o poeta revela ao dizer “meu Deus” no último verso?

5.    Que condições de vida tem o homem, segundo o poema?

6.    Você já presenciou cenas reais como a referida no poema. Se já presenciou, como você se sentiu?

7.    Na sua opinião, o que pode levar alguém a se transformar em um “bicho” como o do poema?

8.    Na sua opinião, o que deveria ser feito para não acontecerem fatos como o descrito no poema?

9.    A causa principal da nossa admiração pela poesia é porque:

 a) (   ) o autor retratou a cena que humilha a condição  humana. 

 b) (   ) o autor procurou comparar o homem com cães e gatos.

 c) (   ) o homem já não vive mais nesse ambiente de miséria.

 d) (   ) é falsa a notícia de que a humanidade passa fome.

10. O assunto do texto é:

a) (     ) a imundice de um pátio.

b) (     ) um bicho faminto.

c) (     ) a comida que as pessoas jogam fora.

d) (     ) a triste situação de um homem.

Sobre a música Brasilis – Seu Jorge

11. Qual o significado do título da música?

12. Qual o assunto tratado na música?

13. Quais os dois principais Brasis encontrados na música?

13. Quais palavras na música retrata as riquezas naturais e culturais do Brasil?

13. Qual a relação do poema de Manuel Bandeira com a música de Seu Jorge?

15 minutos para realização dos exercícios

  • Corrigir os exercícios partindo das respostas dos alunos, fazendo com que grande maioria deles participem e respondam
  • Ao finalizar a aula, agradecer a todos eles pela oportunidade e experiência construída juntos

Avaliação 

Avaliação da aula   Durante os exercícios certifique que os alunos desenvolveram visão crítica sobre o meio em que vive, seus valores e suas necessidades; Perceba qual a visão dos alunos apartir de agora de um texto literário; uma maior aproximação deles com esta leitura; A sensibilidade dos mesmo com as palavras na arte. Referências e sugestões de consulta: http://www.releituras.com/mbandeira_menu.asp http://www.revista.agulha.nom.br/manuelbandeira.html https://www.vagalume.com.br/seu-jorge/brasis.html http://novaescola.org.br/conteudo/439/6-pontos-essenciais-para-elaborar-...    

Créditos: Helena Weisz Formação: Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP) Créditos: Regiane Magalhães Boainain Formação: Mestre em Literatura e Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC- SP)

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar