Duas cidades do interior de São Paulo abrem vagas para o ciclo básico

Lucélia e Catanduva busca profissionais em Educação Infantil e Ensino Fundamental. Inscrições terminam em setembro

POR:
Gabriel Seixas
Estação Ferroviária de Catanduva (SP): cidade vai contratar profissionais da Educação Infantil ao Fundamental. (Foto: Wikimedia Commons)

Nesta semana, dois municípios no interior de São Paulo estão com inscrições abertas para diversas vagas para quase todo o ciclo básico. Confira:

Lucélia

A prefeitura cidade com pouco mais de 20 mil habitantes, deu início ao concurso público para formação de cadastro reserva da rede municipal de Educação. O município busca profissionais atuarão na Educação Infantil e no Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), e os salários oferecidos variam de acordo com o cargo, partindo de R$ 1.164,75 até R$ 1.723,30, por uma jornada de até 30 horas semanais.

Para participar, os candidatos devem possuir nível médio ou graduação superior em disciplinas específicas, dependendo da função desejada. As inscrições podem ser feitas no portal da organizadora do concurso até o dia 8 de setembro. As taxas de inscrição também variam, mas chegam a, no máximo, R$ 18,90. A seleção consistirá em uma prova de caráter objetivo. O edital tem validade de dois anos, mas pode ser estendido.

LEIA MAIS:

Vagas e oportunidades em Educação

Base: conheça o documento que vai guiar o currículo das escolas brasileiras

Catanduva

No município com pouco mais de 100 mil habitantes, a prefeitura abriu processo seletivo para contratação de profissionais temporária. Há vagas para Auxiliares da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Professor de Educação Especial. A remuneração por hora/aula varia de R$ 12,89 até R$ 16,80, além de vale-alimentação.

A exigência mínima é que os candidatos possuam nível médio ou graduação com licenciatura plena nas disciplinas específicas. As inscrições serão realizadas somente pela internet, no site da organizadora do concurso, até 11 de setembro. A taxa de inscrição é de até R$ 83,00 em alguns casos. Para selecionar os inscritos, haverá prova objetiva e análise de títulos. O edital é válido por um ano, mas pode ser prorrogado por mais um.