Litoral e interior de São Paulo contratam professores

Cargos em diversos ciclos da Educação Básica exigem licenciatura nas áreas em que o candidato deseja atuar. Salários chegam a quase R$ 4 mil

POR:
Gabriel Seixas
Em Itanhaém (SP), inscrições começam no dia 22 de agosto. (Foto: Wikimedia Commons)

Duas cidades de São Paulo, uma no interior e outra no litoral, abriram nesta semana oportunidades para professores que desejam se realocar no mercado de trabalho.

São poucas vagas, distribuídas em vários ciclos e modalidades da Educação Básica. Mas alguns salários chegam a quase R$ 4 mil, valor considerado acima da média em muitas regiões. Confira os detalhes:  

Bebedouro

O município da região de Ribeirão Preto (SP), no interior do estado, promove concurso público para contratar dois professores de Educação Física, com salários de R$ 1.304,19 por uma jornada de 100 horas mensais de trabalho.

Para disputar os cargos, os candidatos devem possuir graduação na área e registro no conselho da categoria. As inscrições podem ser feitas pela internet, no site da empresa responsável pela seleção, até próxima segunda-feira (21/08), e a taxa de inscrição é de R$ 75.

Segundo o edital, o processo seletivo inclui duas provas objetivas, nas quais o candidato deve obter ao menos 50% de acerto, e uma prova prática. O resultado do certame terá validade de dois anos, que pode ser estendido por mais dois.

LEIA MAIS: Vagas e oportunidades em Educação

Itanhaém

A prefeitura da cidade, que fica na Baixada Santista, lançou o processo seletivo para o preenchimento de 13 vagas na rede municipal de Educação, em diversos ciclos e modalidades da Educação Básica - incluindo creche e Educação Especial. As remunerações oferecidas vão de R$ 2.438,00 a R$ 3.791,00, por jornadas que não passam de 30 horas semanais.

Para participar da disputa, o edital exige licenciatura plena em Pedagogia ou na disciplina em que o candidato pretende lecionar. As inscrições poderão ser feitas pela internet, de 22 de agosto a 5 de outubro. Os inscritos passarão por prova objetiva, e o resultado do concurso terá validade de dois anos, que pode ser prorrogada a critério da administração do município.