Juiz de Fora e outras cidades mineiras têm quase 100 vagas para professores

Há colocações em quase todo o ciclo básico, com salários que podem chegar a R$ 5 mil

POR:
Gabriel Seixas
Em Juiz de Fora (MG), salários oferecidos pelo Colégio de Aplicação João XXIII chegam a R$ 5 mil. (Foto: Wikimedia Commons)

Três redes municipais e um grande colégio de aplicação em Minas Gerais abriam quase 100 vagas para professores que buscam se realocar no mercado de trabalho.

A seguir, NOVA ESCOLA mostra os detalhes de cada uma das oportunidades disponíveis. Algumas oferecem remunerações de até R$ 5 mil, valor acima da média para o ciclo básico.

Guanhães

O município com um pouco mais de 30 mil habitantes, na região do Vale do Rio Doce, oferta 65 postos de trabalho temporários, além de vagas em cadastro reserva, para diversos profissionais da Educação.

São 6 vagas para pedagogos, 51 para professores dos primeiros anos do Ensino Fundamental, e 8 para Educação de Jovens Adultos (EJA) em disciplinas específicas. As remunerações podem chegar perto dos R$ 3 mil, dependendo do cargo e da jornada semanal.

Os candidatos devem ter graduação em pedagogia e licenciatura plena, de acordo com cada setor de atuação. A seleção ocorrerá por meio de prova objetiva e prática, com datas previstas para 13 e 26 de agosto, respectivamente. As inscrições podem ser realizadas no site da empresa que organiza o processo seletivo até 30 de julho, mediante o pagamento de taxa no valor de R$ 60,00. De acordo com edital, o certame tem duração de um ano, mas pode ser prorrogado por mais um.

Coronel Murta

A prefeitura da cidade, no nordeste do estado, tem quatro vagas para professores de Educação Física, Arte e pedagogo de apoio educacional.

Para concorrer às oportunidades, que oferecem salários de até R$ 1.495,95, os candidatos devem possuir licenciatura plena nas áreas exigidas e passar por uma prova objetiva e uma análise dos títulos.

As inscrições podem ser feitas pela internet, no site da empresa que organiza o processo seletivo, até o dia 27 de julho. O edital tem validade de dois anos, com possibilidade de ser estendido por mais dois.

Alvarenga

O pequeno município, com pouco menos de 5 mil habitantes, vai contratar 23 professores por meio de concurso público. Há cargos disponíveis na Educação Infantil e no Ensino Fundamental II (nesse caso, apenas para professor de Educação Física e Inglês), com remunerações de até R$ 1.281,38 para jornadas de 24 horas semanais de trabalho.

A classificação será feita por meio de provas práticas e escritas, previstas para o dia 30 de setembro. Para participar, os candidatos devem se inscrever entre os dias 14 de agosto e 12 de setembro, no site do concurso, e pagar a taxa de inscrição de R$ 51,00, de acordo com o edital.

Juiz de Fora

Está aberto o processo seletivo que vai preencher de duas vagas de magistério no Colégio de Aplicação João XXIII, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Os contratados atuarão nos departamentos de Ciências Humanas e de Letras e Artes, como professores de Língua Portuguesa ou Educação Especial no Ensino Fundamental, Médio e EJA.

Para concorrer, é necessário possuir graduação e licenciatura plena em Língua Portuguesa e Pedagogia. Os salários oferecidos são acima da média: R$ R$ 5.123,90 para a jornada de trabalho de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

A inscrição deve ser feita na secretaria do Colégio, na Rua Visconde de Mauá, 300, no bairro Santa Helena, de 31 de julho a 21 de agosto. É só levar os documentos listados no item 3.7 do edital, junto ao formulário disponível online e o comprovante de pagamento da taxa, no valor de R$ 150,00. Também é possível enviar os documentos pelo correio, mas certifique-se de que a remessa chegará até a data limite para a inscrição.

A seleção terá três etapas: prova escrita, prova objetiva e prova de títulos. O resultado do processo tem validade de 1 ano e pode ser prorrogado por igual período.