Professor da rede pública ganha R$ 700 a mais que o da rede privada, em média

Pesquisa do INEP mostra que o profissional mais bem pago é o da rede federal

POR:
Caroline Monteiro
Pedro Ribas/ ANPr

Um estudo mostra que o professor de Educação Básica da rede pública ganha mais, em média, que um da rede privada. Essa informação foi revelada por um estudo realizado pelo Inep a partir de dados do Censo Escolar e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

De acordo com a pesquisa, um professor da rede pública ganha R$ 3.335 para 40 horas semanais. Esse valor é R$ 736 maior do que o de um professor da rede privada (R$ 2.599) para a mesma jornada. 

Dentro da rede pública, a menor média salarial é das escolas municipais, que pagam R$ 3.116 para os docentes. O valor corresponde a menos da metade do salário de um professor da rede federal (R$ 7.768), que atende majoritariamente o Ensino Médio. Nos colégios públicos estaduais, a média é de R$ 3.476. Para chegar aos valores, o levantamento padronizou a jornada de trabalho para 40 horas.

O estudo levou em conta uma população de 2.080.619 de professores, ou 93,3% dos docentes da Educação Básica. Destes, a rede municipal emprega 1.065.630 professores, enquanto a estadual tem 717.144 docentes e a federal apenas 23.921. Na rede privada, são 377.700 professores. Os dados da pesquisa são de 2014.

Tags

Guias