Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Notícias
03 de Abril de 2017 Imprimir
5 4 3 2 1

Celular reciclado

Por: NOVA ESCOLA

Ícone da modernidade, o celular tem múltiplas funções no nosso dia a dia. Nele, quase tudo pode ser visto, acessado, jogado. Dá até para telefonar! No Brasil, quase todos têm um... que vai ficar obsoleto e - descartado de maneira imprópria - pode se transformar em um vilão poluidor. No infográfico, saiba como o aparelho é produzido, de onde vêm suas matérias primas e os danos que seus resíduos podem causar na nossa saúde e na natureza se forem mal reciclados ou jogados nos lixões.

Na reciclagem do celular, um tesouro

De acordo com o relatório From Waste to Resources, do programa para o Meio Ambiente das Nações Unidas (Unep), 1 tonelada de celulares sem as baterias rende

  • 3,5 quilos de prata;
  • 340 gramas de ouro;
  • 140 gramas de paládio;
  • 130 quilos de cobre;

No 1,2 bilhão de celulares vendidos no mundo em 2007 foram usadas

  • 300 toneladas de prata;
  • 29 toneladas de outro;
  • 11 toneladas de paládio;
  • 11.000 toneladas de cobre.

Nas baterias de lítio (20 gramas), foram usadas 4.500 toneladas de cobalto.

O Brasil se liga no celular
Número de linhas por 100 habitantes*

O provável descarte
Número de aparelhos*

Reportagem André Albert / Infografia Alessandro Meiguins / Fotos Dercílio / Fontes Anatel, Banco Mundial, Nokia, Sony Ericsson, Worldwatch Institute, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Convenção de Basileia - MPPI (Iniciativa de Parceria para Telefones Móveis).

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar