Ir para o conteúdo Pular para o menú principal
ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão icone ler mais tarde Ler mais tarde
icone menu

Onde está a Base Nacional Comum Curricular?

Processo iniciado em 2013 ainda tem algumas etapas antes de chegar na sala de aula

por:
Karina Padial
Karina Padial

A terceira versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) será enviada para o Conselho Nacional de Educação (CNE) nas próximas semanas ou meses. Por lá, o texto será revisado em um prazo máximo de seis meses para, só então, seguir para a homologação do Ministério da Educação (MEC) e, finalmente, começar a ser desdobrado em currículos e diretrizes que vão impactar no trabalho em sala de aula.O caminho é longo e começou em 2013.

O Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado em 2014, já previu a elaboração de um documento que apresentasse os objetivos de aprendizagem comuns a todos os alunos do país. Desde então, várias etapas foram desenvolvidas e a participação dos educadores tem sido essencial. Na primeira e na segunda versão do texto, já divulgadas, contribuições enviadas por professores, gestores escolares, técnicos das secretarias, professores universitários e pesquisadores ajudaram a qualificar a proposta e a torná-la mais próxima da realidade das salas de aula brasileiras. Confira, na linha do tempo abaixo, mais detalhes sobre essa saga e saiba o que ainda está por vir.

 

 

ANÚNCIO
LEIA MAIS