Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Blog

Blog Tecnologia na Educação

Confira as melhores ferramentas e as novidades sobre o uso das TIC na sala de aula no blog

12 de Julho de 2016 Imprimir
5 4 3 2 1

Ferramenta gratuita para fazer desenho animado e discutir Matemática

Por: NOVA ESCOLA

A matemática também está nas animações do cinema. Crédito: reprodução.

Conteúdos matemáticos são essenciais para transformar desenhos estáticos em imagens em movimento. Na plataforma Pixar in a box, é possível compreender de que forma parábola, ponto médio, interpolação linear, algoritmos, análise combinatória, escala e rotação são usados para a criação das animações da Pixar, empresa que já fez filmes como Toy Story, Monstros S.A. e o recente Procurando Dory.

A plataforma oferece vários vídeos gravados nos próprios estúdios da Pixar. Profissionais que trabalharam na criação dos filmes explicam como realizaram seus desenhos (por exemplo, como deixam a grama de uma paisagem com aparência real e com movimento) e quais conhecimentos utilizaram. E seus alunos, depois de cadastrados no site, começam por uma atividade de design de animações que não requer conhecimentos matemáticos avançados. Na sequência, poderão acessar vídeo-aulas que explicam o conceito matemático envolvido e realizar exercícios específicos sobre diversos temas, como média ponderada de dois e de três pontos, subdivisão e interpolação linear. Para avançar nos problemas matemáticos propostos, o aluno precisa acertar as respostas, mas caso tenha dificuldade é possível pedir dicas que são oferecidas pelo próprio ambiente. Logo após, eles aplicam o que aprenderam para criar pequenas animações.

Essas atividades estão divididas em cinco tópicos, cada um deles relacionados ao passo-a-passo necessário para a criação de uma animação: modelagem de ambiente, modelagem de personagens, animação, multidões e renderização (processo utilizado para obter o produto final de um processo digital). E não precisa saber desenhar! Todos esses tópicos são digitais e feitos apenas com os recursos oferecidos online.

Se você preferir esquecer o computador e usar bloco de anotações, lápis e borracha, também é possível praticar a arte da animação. Veja como neste link.

Antes de começar os trabalhos, realize um cadastro gratuito aqui (na parte superior da página, clique em “Quero ver o site em português”) e indique que seus estudantes também se registrem. É possível adicioná-los ao seu perfil para acompanhar o desempenho coletivo e individual nas atividades.

Esperamos que vocês tenham gostado das dicas! Se você já trabalhou na ferramenta com os seus alunos, conte nos comentários a sua opinião e a da turma.
Até mais,
Nairim Bernardo

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar