Blog Tecnologia na Educação

Confira as melhores ferramentas e as novidades sobre o uso das TIC na sala de aula no blog

Enquete: 43,8% dos educadores priorizam o planejamento de aulas no 1/3 da jornada

POR:
NOVA ESCOLA

A Lei do Piso, aprovada em 2008, estipula que um terço do expediente dos professores deve ser reservado para atividades fora da sala, como correção de provas, organização de conteúdos, formação, estudo individual, entre outras.

Para saber se esse direito está sendo respeitado e como, o perfil de NOVA ESCOLA no GENTE QUE EDUCA perguntou aos usuários: O que você prioriza no 1/3 da jornada reservado para atividades extraclasse?

A maior parte dos docentes (43,8%) diz utilizar esse tempo para planejar as aulas, e 16,9% declararam participar de formações. Mas o dado mais preocupantes é que para quase 20% dos educadores que responderam à enquete o direito à jornada fora da sala não é respeitado. Veja o resultado completo no gráfico:

enquete-grafico-jornada

 

Na página oficial de NOVA ESCOLA no Facebook, alguns educadores fizeram questão de protestar, dando sua visão pessoal sobre a situação.

Daiana Castoldi Lencina escreveu:
“Em Santa Catarina, o governo não cumpre a Lei do Piso. Não temos 1/3 da jornada!”

A Sheyla Ferreira, de Arez, a 58 quilômetros de Natal, também manifestou indignação:
“No município onde moro, [um processo] está na justiça para podermos ter esse direito.”

Já em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, Sonia Regina Paroni diz que a lei é respeitada. Mas ela faz ressalvas:
“Penso que falte organização para os trabalhos na escola. No meu ponto de vista, prioritariamente, [falta] o planejamento. A rede tem como política a formação dos professores, para a qual parte do tempo em questão é utilizado.”

Você concorda com as opiniões das colegas? E na sua escola, o direito à jornada para atividades extraclasse é respeitado? Deixe seu comentário e participe do debate!

 

Bônus: um convite do Instituto Unibanco

A página oficial do Instituto Unibanco, parceiro de conteúdo do GENTE QUE EDUCA, divulgou nesta semana um convite que vale ser olhado com atenção pelos professores de Ensino Médio. O concurso Respostas para o Amanhã, coordenado pelo CENPEC Educação e Cultura, pretende estimular os estudos em Ciências, Matemática, Tecnologia e Engenharia nas escolas públicas. Para conferir mais detalhes e se inscrever, confira o post aqui.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias