O caminho da reprovação

POR:
NOVA ESCOLA

Conheça os seis fatores que contribuem para o aumento ou a queda desse indicador

Conheça os seis fatores que contribuem para o aumento ou a queda desse indicador. Ilustração: Bruno Algarve

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) cruzou, pela primeira vez, os dados de três bases administrativas: CadÚnico, Projeto Frequência e Censo Escolar. Os resultados mostraram que os estudantes que recebem o Bolsa Família têm 11% menos riscos de repetir de ano do que os que não são beneficiados pelo programa. "Eles são obrigados a atender a algumas condições, como ter 85% de frequência e um limite para as suspensões", diz Marcelo Neri, presidente do Ipea. Por outro lado, o levantamento mostrou que os alunos com algum tipo de deficiência têm 76% mais riscos de ser reprovados e os do sexo masculino 71%.


Participação

Uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) concluiu que os professores não participam da discussão sobre o ensino. A restrição à liberdade de expressão nas redes é um dos entraves para isso.


"Os royalties do petróleo podem ser uma fonte importante para a Educação. Se ficar como está, sem regulamentação, corremos o risco de ver o dinheiro se perder."

Daniel Cara, coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação


Na internet 
podcast.unesp.br

Entrevistas com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp).


12% dos alunos do 9º ano aprenderam o adequado em Matemática

Fonte Prova Brasil 2011


Tecnologia

A ferramenta Escola Que Queremos traz dados sobre formação de professores, merenda e gestão, entre outros, das escolas públicas do país. "Oferecemos um indicador complementar aos existentes, mais aprofundado", diz Luiz Felipe Serrão, um dos idealizadores do projeto.


Entrevista
Zilma de Moraes ramos de Oliveira, especialista em Educação Infantil

O que acha da lei que obriga a matrícula de todas as crianças de 4 e 5 anos na pré-escola até 2016?
O Brasil não está preparado para essa medida, pois isso demanda esforços, tempo e recursos.

Qual a solução?
Aumentar as vagas em 20%, criar um currículo e dar aos docentes uma formação específica.

Como aumentar as vagas até 2016?
Com a criação de salas anexas às já existentes. Porém, há o risco de se perderem espaços destinados à recreação.


Editado por Bruna Nicolielo

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias