Prosa cheia de bossa

POR:
Beatriz Santomauro, NOVA ESCOLA, Nina Pavan
Foto: Marcelo Kura
Foto: Marcelo Kura

"O vento era como uma pessoa viva. Havia dias em que ele aparecia zangado e entrava pelas ruas a soprar." É com essa prosa gostosa que passa a história da menina Lourença, adolescente de gênio forte. Poesia pura para jovens.

Sobre a autora Premiada escritora portuguesa, nasceu em 1922.

Vento, Areia e Amoras Bravas, Agustina Bessa-Luís, 80 págs., Ed. Peirópolis, tel. (11) 3816-0699, 43 reais

 

 

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias