Férias: mais sugestões de livros para os seus dias de folga

POR:
NOVA ESCOLA

Os melhores de 2009

Listas com os melhores lançamentos em livros são uma ótima oportunidade para relembrar bons momentos vividos ao longo do ano - ou descobrir obras que marcaram a produção cultural. Neste brinde especial de fim de ano, que você recebe com a edição de dezembro de NOVA ESCOLA, confira alguns desses "novos clássicos" para curtir nos meses de recesso escolar.

Foto: Paulo Vitale

Formação
Eles, os jovens

Muitos parâmetros são levados emconsideração ao defi nir o que é a juventude, esse termo tão antigo e ao mesmo tempo tão almejado pelo discurso da sociedade moderna. Neste livro, o leitor consegue ir além de critérios socioeconômicos e delimitações de faixa etária, já que o texto discute a produção cultural realizada pelos jovens. Do movimento hippie a variadas maneiras de falar e se vestir, é traçado um mosaico da ação jovem atual.

Sobre os autores Catani é doutor em Sociologia e Gilioli é mestre em Educação, ambos pela Universidade de São Paulo (USP).

Culturas Juvenis – Múltiplos Olhares, Afrânio Mendes Catani e Renato de Sousa Porto Gilioli, 120 págs., Ed. Unesp, tel. (11) 3242-7171, 15 reais

Por trás dos números

Foto: Paulo Vitale

Não é difícil constatar que algo vai mal com a Educação no Brasil: há uma profusão de médias, rankings e porcentagens que indicam o problema. No entanto, essa visão contabilista não esclarece os problemas educacionais nem aponta caminhos para derrotá-los. “Tudo se passa como se a meta fosse os indicadores favoráveis e não aquilo que eles representam, como se um atestado de vida, ainda que de origem duvidosa, valesse mais do que a vida propriamente dita”, lamenta o escritor. Em cinco ensaios, ele procura lançar bases para uma discussão qualitativa sobre o ensino e a docência.

Sobre o autor Graduado em Matemática, é doutor em Educação.

Educação – Competência e Qualidade, Nílson José Machado, 208 págs., Ed. Escrituras, tel. (11) 5904-4499, 20 reais


Inspiração e transpiração

Foto: Paulo Vitale

Comunicar-se com eloquência por escrito não requer apenas talento, como revela esta obra. Escrever bem é uma capacidade que pode
e deve ser exercitada. Levando em conta essa premissa, Maria Helena de Moura Neves traz algumas das mais recentes pesquisas na área de Linguística, promovendo maneiras mais eficazes de entender e ensinar esse conteúdo.

Sobre a autora É uma das maiores especialistas  brasileiras no assunto, doutora em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) e livre-docente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp).

Texto e Gramática, Maria Helena de Moura Neves, 336 págs., Ed. Contexto, tel. (11) 3832-5838, 43 reais


Vida, modo de fazer

Foto: Paulo Vitale

Usar um coador de metal para acessar uma rede wi-fi . Fazer um relógio funcionar com uma bateria de batata. Esses são alguns dos 500 ensinamentos apresentados nesta obra totalmente ilustrada. Divertidíssimo!

Sobre os autores Ambos são designers.

Veja Como Se Faz, Derek Fagerstrom e Lauren Smith, 320 págs., Ed. Sextante, tel. (21) 2286-9944, 49,90 reais

História bem contada

Foto: Paulo Vitale

O romance se mostra uma joia rara ao apresentar o amor entre Vicente e Ana Corama com uma boa mistura de escrita intimista e tom poético e refl exivo.

Sobre o autor Leciona Literatura na Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Nosso Grão Mais Fino, José Luiz Passos, 168 págs., Ed. Alfaguara, tel. (21) 2199-7824, 37,90 reais

 

 

Juvenil
Como prender a atenção da moçada

Foto: Paulo Vitale

O texto simples e elegante de Carlos Heitor Cony é receita certa para o entretenimento dos jovens. Nas crônicas reunidas nesta obra, ele transforma objetos e temas cotidianos – como um estojo escolar e um buraco no chão – em portas de entrada para histórias curiosas e divertidas. Por vezes, o estilo intencionalmente mal-humorado, como na crônica Do Rock, em que o autor encarna o estereótipo do pai ranzinza e às voltas com as peripécias da fi lha roqueira, é levado tão a sério que se torna engraçado. Uma forma perspicaz de chamar a atenção dos leitores numa idade em que as ideias contestadoras borbulham.

Sobre o autor É jornalista e escritor, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2000 e quatro vezes vencedor do Prêmio Jabuti.

Crônicas para Ler na Escola, Carlos Heitor Cony, 160 págs., Ed. Objetiva, tel. (21) 2199-7824, 34 reais

Os teens da África

Foto: Paulo Vitale

As adolescentes de Yop City são exatamente como as de qualquer outro animado bairro de cidade grande: vaidosas, não vêm a hora de arrumar um namorado e só se metem em confusão. Bem, nem todas as garotas são assim. Aya não liga para o xaveco furado dos rapazes ricos, os chamados genitôs, e procura alertar as amigas Bintou e Adjoua sobre as encrencas que estão por vir. Nesta vibrante história em quadrinhos, a jovem de cabeça feita e corpo curvilíneo está mais preocupada em terminar os estudos e virar médica.

Sobre os autores Marguerite nasceu em Abidjan, na Costa do Marfi m, cenário do livro. Oubrerie é parisiense e tem um estúdio de animação.

Aya de Yopougon 1, Marguerite Abouet e Clément Oubrerie, 112 págs., Ed. L&PM, tel. (51) 3225-5777, 38 reais

Notícias do inimigo

Foto: Paulo Vitale

Impossível não se sentir novamente com 15 anos ao ler as 55 crônicas que compõem este livro, publicadas originalmente na revista Capricho, da Editora Abril. Recém-alçado à condição de adulto, Antonio Prata tinha 23 anos quando escreveu seu primeiro texto. O mote era reportar à moçada alguns dos estranhos hábitos dos seres humanos com mais de 20 anos – coisas como pagar contas e fazer supermercado. Ao longo dos sete anos em que trouxe notícias do lado de lá, falou a quem tem mil encanações com o próprio corpo e morre de
vergonha de amar.

Sobre o autor Escreve quinzenalmente para o caderno Metrópole, do jornal O Estado de S.Paulo.

Adulterado, Antonio Prata, 148 págs., Ed. Moderna, tel. 0800-172-002, 29,50 reais

O pequeno selvagem

Foto: Paulo Vitale

Em 1963, quando foi lançada, a história do garotinho Max, mandado para o quarto após uma malcriação, promoveu uma revolução no mercado editorial infantil. Nela, texto e imagem deixam de ser redundantes para servirem de complemento um ao outro de maneira inteligente. De castigo, Max transforma seu quarto em uma fl oresta e vai de barco até a terra dos monstros, onde o comportamento soberbo faz do menino rei.

Sobre o autor Americano, também é ilustrador. Com esta obra, ganhou alguns dos maiores prêmios internacionais de literatura infantil.

Onde Vivem os Monstros, Maurice Sendak, 40 págs., Ed. Cosac Naify, tel. (11) 3218-1444, 49 reais

Infantil
Enquanto papai não vem

Foto: Paulo Vitale

Lília não vê a hora de o pai voltar de uma inesperada viagem. Quer que ele termine de contar a história do lobo de olhos amarelos e pelo prateado que cavalga pela madrugada com um menino montado em suas costas. Os dias passam e ela permanece naquela expectativa muda. A certeza de que algo ruim sucedeu ao pai está cada vez mais clara na expressão apreensiva da mãe. Teria o lobo levado o pai de Lília embora?

Sobre a autora Aos 12 anos, já escrevia histórias, mas só começou a carreira de escritora 33 anos depois.

O Lobo, Graziela Bozano Hetzel, 44 págs., Ed. Manati, tel. (21) 2512-4810, 34 reais

Leia também a lista com sugestões de DVDs para assistir nas férias.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias