Como prender a atenção da moçada

POR:
NOVA ESCOLA, Beatriz Vichessi, Nina Pavan
Foto: Marcelo Kura
Foto: Marcelo Kura

O texto simples e elegante de Carlos Heitor Cony é receita certa para o entretenimento dos jovens. Nas crônicas reunidas nesta obra, ele transforma objetos e temas cotidianos - como um estojo escolar e um buraco no chão - em portas de entrada para histórias curiosas e divertidas. Por vezes, o estilo intencionalmente mal-humorado, como na crônica Do Rock, em que o autor encarna o estereótipo do pai ranzinza e às voltas com as peripécias da filha roqueira, é levado tão a sério que se torna engraçado. Uma forma perspicaz de chamar a atenção dos leitores numa idade em que as ideias contestadoras borbulham. 

Sobre o autor É jornalista e escritor, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2000 e quatro vezes vencedor do Prêmio Jabuti.

Crônicas para Ler na Escola, Carlos Heitor Cony, 160 págs., Ed. Objetiva, tel. (21) 2199-7824, 34 reais

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias