Poucos cursos de Pedagogia são excelentes

POR:
Beatriz Vichessi

Mesmo depois de submetidos à supervisão do Ministério da Educação (MEC) por três anos, dez cursos que formam educadores no Brasil foram fechados. Com desempenho ruim no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2005, eles não melhoraram os resultados no exame de 2008. Ainda continuam em atividade, no entanto, muitos outros avaliados aquém do desejável (com conceito 1 ou 2), segundo aponta a última edição do exame. São 29 cursos com conceito 1, 40% deles no Nordeste (veja o gráfico e o mapa abaixo). A análise do corpo docente dos melhores e piores mostrou a menor quantidade de mestres e doutores nos que receberam conceito 1, sejam públicos ou não (abaixo, à esquerda). Sinal de que, no fim deste e dos próximos anos, mais educadores vão concluir uma formação precária e adentrar as escolas do país sem condições de ensinar os alunos com competência.

Ilustrações: Mario Kanno
Ilustrações: Mario Kanno

* Fonte Enade 2008. ** Instituições que boicotaram o teste ou que não têm alunos suficientes para participar dele


Políticas Públicas
Qualificação profissional no currículo de EJA

Educação formal com qualificação para o trabalho. Essa é a novidade da rede de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, que modificou o currículo de 11 escolas que oferecem Educação de Jovens e Adultos (EJA). Desde junho, além das aulas regulares, as turmas de 1º a 4º ano participam de 21 cursos, como Elétrica Residencial e Artesanato. Simultaneamente, os professores das disciplinas regulares passam por uma formação que inclui o acompanhamento das oficinas para que integrem o trabalho prático ao conteúdo.


Calvin

Calvin

Toda semana, uma nova tirinha sobre Educação com Calvin e seus amigos


"É inaceitável a taxa de analfabetismo ter caído só 0,1% entre 2007 e 2008. No próximo ano, tem de haver uma redução mais significativa."

Fernando Haddad, ministro da Educação, sobre os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), no portal G1


Educação básica
Censo escolar aponta queda nas matrículas

Clique para ampliar

O número de matrículas na Educação Básica caiu 2,1% em relação ao ano passado, o que representa aproximadamente 109 mil vagas, de acordo com o Censo Escolar 2009, divulgado na última quinzena de setembro pelo Ministério da Educação (MEC). Quedas já ocorreram entre 2005 e 2007 (veja o gráfico ao lado). Além de ser provocado pela diminuição no número de nascimentos no país e pelo bom andamento do fluxo escolar, o fato reflete o fim de fraudes no sistema de cadastro, o que turbinava o total de matrículas até 2005. Por causa do repasse de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), inscrever estudantes fantasmas era uma prática de muitas Secretarias de Educação para receber mais recursos. Em 2006, a base de coleta foi alterada, exigindo informações mais específicas sobre cada aluno. De acordo com o MEC, a rede que mandar dados errados e não corrigi-los em 30 dias após a divulgação do Censo pode receber menos verba do que deveria.


Na internet 

Site do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) sobre pesquisas científicas nas áreas de Saúde, Geografia e Astronomia, entre outras.


História
Material ajuda a trabalhar Arqueologia na sala de aula

Reprodução
Reprodução

Mesmo com muitos sítios arqueológicos no país, faltam informações e bibliografia sobre o assunto para o Ensino Fundamental. Pensando nisso, um grupo da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) organizou o livro Arqueologia e Preservação: Sambaqui Morro do Peralta. O material aborda o tema ao explorar duas ossadas localizadas em abril de 2007 no quintal de uma casa em Laguna, a 128 quilômetros de Florianópolis. Com o patrocínio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), tem distribuição gratuita para as escolas. A publicação também está disponível para download aqui.

 


Televisão
Documentários da Discovery disponíveis para todos 

Um programa do canal por assinatura Discovery Chanel agora também faz parte da programação da TV Cultura. Desde 20 de setembro, o Mundo Cultura Discovery apresenta uma série de documentários, entre eles Pesca Mortal, Maravilhas da Engenharia, Natureza Discovery e Trabalho Sujo. No ar de segunda a sábado, às 20 horas, e, aos domingos, às 19 horas.


Com reportagem de Bianca Bibiano. Colaborou Rodrigo Ratier

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias