Qual o principal problema na formação de professores?

POR:
NOVA ESCOLA

Para responder a essa pergunta, o educador português António Nóvoa recorre a uma análise do processo recente do aumento do nível de entrada requerido para docência - a exigência progressiva de uma titulação acadêmica cada vez maior (Ensino Médio, depois Superior e agora até mestrado em países como Portugal) para poder dar aulas.
Se por um lado isso foi importante para fortalecer o prestígio da profissão, por outro ampliou a distância entre teoria e prática. Assim, Nóvoa defende uma 'formação de professores construída dentro da profissão', capaz de diminuir esse fosso.

Assista aos outros vídeos da série "O Pensamento de António Nóvoa"

Tags

Guias