7 países com vulcões em atividade no mundo

A erupção do Calbuco, no Chile, deixou o mundo em alerta. Entenda os processos químicos por trás desse fenômeno da natureza e conheça outras regiões com vulcões ativos

POR:
NOVA ESCOLA
Cinzas do vulcão Calbuco, no Chile
Cinzas do vulcão Calbuco, no Chile

 

A reportagem de Veja Vulcão Calbuco Entra em Nova Erupção Mantendo Alerta Vermelho no Chile mostra que o vulcão chileno situado a 1.000 quilômetros ao sul de Santiago, a capital do Chile, voltou a entrar em atividade. Situado a 2.015 metros acima do nível do mar, ele não entrava em erupção desde 1972. É considerado perigoso devido a sua constituição geológica e sua proximidade à áreas urbanas. Segue expulsando cinzas e pode voltar a erupcionar. No início da atividade, todo vulcão libera gás de enxofre (altamente tóxico), seguido de explosões que lançam lava (material geológico em fusão, composta por ferro e silicato de alumínio em estado líquido). O Chile é um dos países com mais vulcões ativos no mundo: são cerca de 95 em atividade. A região de Villarica, ao sul, concentra alguns, sendo que um deles, com o mesmo nome, entrou em erupção em março de 2015. Na fronteira com a Argentina, o Copahue também está ativo, emitindo cinzas e gazes eventualmente. Já o Láscar, no deserto do Atacama, no norte do país, entrou em erupção em 2006, o Chaitén, em 2008 e o Puyehue-cordón del Caulle, em 2011.

Conheça outros países do mundo com vulcões ativos.

Indonésia
São cerca de 120 vulcões ativos no país. Os principais são o monte Merapi, a 400 quilômetros da capital Jacarta, e o Sinabung, no norte de Sumatra, que registrou uma erupção no início de abril de 2015.

Estados Unidos
Por volta de 130 vulcões ativos existem nos EUA. O Kilauea, no Havaí, é o mais conhecido - e um dos mais ativos do mundo, desde 1983. Além dele, o Monte Santa Helena, no Estado de Washington, ficou conhecido por uma grande erupção em 1980, que resultou em 57 mortes.

Japão
O país tem cerca de 66 vulcões em atividade, entre eles o monte Fuji, que pode entrar em erupção em breve, segundo estudos geológicos. Outros ativos são o Sakurajima, localizado na região de Kagoshima, e o monte Ontake, na região central. Segundo mais alto do país, este último entrou em erupção em setembro de 2014, deixando mais de 30 mortos.

Itália

O Etna, na Sicília é o vulcão mais ativo da Europa. A última erupção ocorreu em novembro 2013.

Islândia
Abriga o Eyjafjallajökull, vulcão de nome impronunciável que fechou o espaço aéreo europeu em 2010 e, assim, afetou milhares de voos, causando um efeito dominó de cancelamentos de viagens em todo mundo. Sua atividade sísmica começou em 2009, levando, um ano depois, à erupção vulcânica.

Rússia
A maioria está concentrada na península de Kamtchatka, na Sibéria, na região mais oriental do país. Um dos maiores e mais ativos é o Shiveluch, famoso pela agressividade de suas erupções. Outro bem conhecido é o Plosky Tolbachik, que permaneceu adormecido desde 1976, mas voltou à atividade subitamente em 2012.

Consultoria: Marcio Cotomacci, biológo da Abramundo

Tags

Guias