Inscreva seu projeto na 19ª edição do Prêmio Educador Nota 10

A mais importante premiação da Educação Básica brasileira recebe inscrições de trabalhos de professores e gestores até o dia 12 de junho

POR:
Laís Semis

Na Educação de qualidade, todos aprendem juntos. Essa é a ideia que guia a edição 2016 do Prêmio Educador Nota 10 e reforça a proposta de troca de experiências e saberes entre gestores, professores e alunos. Realizado pela Fundação Victor Civita (FVC), em parceria com a Fundação Roberto Marinho e com apoio da NOVA ESCOLA, o prêmio tem o objetivo de valorizar ações desenvolvidas em escolas públicas brasileiras.

A cada edição, cerca de 3 mil educadores participam com projetos de diferentes áreas de conhecimento. São professores da Educação Infantil e do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental (incluindo a Educação de Jovens e Adultos) que atuam com Alfabetização, Língua Portuguesa, Educação Física, História, Arte, Língua Estrangeira, Ciências, Matemática e Geografia e diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais da Educação Infantil ao Ensino Médio. As atividades devem ter sido realizadas no ano letivo de 2015 ou no 1º semestre de 2016.

"Quando vi o anúncio sobre a abertura das inscrições, sinceramente, não pensei em participar, mas as grandes mudanças que a escola havia vivenciado e o incentivo da equipe e dos familiares me fizeram ter a curiosidade de ler o regulamento e percebi que meu trabalho contemplava todas as etapas e exigências", relembra Diego Mahfouz Faria Lima, diretor da EM Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto (SP), e Educador do Ano de 2015.

Confira:

Para ganhar, um projeto não precisa ser mirabolante. Os selecionadores valorizam atividades que impactam a aprendizagem. "Procuramos trabalhos que podem ser simples, mas precisam ter um cuidado muito grande com as intervenções", explica Andrea Luize, selecionadora da área de Alfabetização em 2015. "São ações já conhecidas do ponto de vista didático, mas que se destacam pela maneira como o docente encaminha e como lida com as diversidades de saberes da turma. Mais do que ser uma grande novidade, tem de ser bem-feito", esclarece Andrea.

Nas iniciativas relacionadas à direção, a selecionadora Maura Barbosa destaca que o foco do prêmio são atividades arquitetadas por toda a equipe e que podem ser sustentadas após o término daquela gestão. "Buscamos projetos institucionais em que diferentes segmentos da escola estejam envolvidos e que contenham um plano de ação em que a equipe seja protagonista. É interessante que o problema daquela instituição tenha tido a participação de agentes diversos na sua solução", explica.

Para a professora Alessandra Bremm, Educadora Nota 10 em 2015, uma das ações fundamentais para ir bem no processo de seleção é se ater ao regulamento e prestar atenção às instruções e informações divulgadas no site da premiação. "É preciso ficar por dentro de todo o procedimento. Me inscrevi em três edições e sempre acompanhava o que saía no site e na revista NOVA ESCOLA", diz. Alessandra venceu com o projeto Do Samba ao Funk, que desenvolveu nas aulas de História com o 4º ano da EEEF Professora Delfina Loureiro, em Lagoa Vermelha (RS). O trabalho aproveitou o interesse da garotada pelo funk para ampliar o repertório musical de todos e discutir momentos importantes da história do país, como a ditadura militar.

Conheça o projeto Do Samba ao Funk:

Outro ponto destacado como importante pela professora para os interessados em participar é o registro das atividades desenvolvidas. "Ao longo do ano, guarde materiais sobre a sua prática e sistematize o que e como você está produzindo. Se você demora muito tempo para fazer essas anotações, as informações acabam se perdendo", diz Alessandra. Diego conta que, ao se inscrever, procurou se colocar no lugar de quem leria o relato. "Além de acreditar no que foi desenvolvido, o selecionador precisava perceber que a mudança é possível não só na minha realidade", explica. "É importante ser claro, objetivo e coerente sobre o que foi feito, tendo o cuidado de valorizar todas as ações e os envolvidos no processo com foco principal nos alunos e na efetiva aprendizagem."

Veja, abaixo, mais algumas dicas e links indispensáveis para quem pretende participar.



Além do reconhecimento de Educador Nota 10, os vencedores também são premiados com assinaturas do NOVA ESCOLA CLUBE e vale-presentes de R$ 15.000,00. Para a escola e o Educador do Ano, os vale-presentes são no valor de R$ 5.000,00.

As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de junho pelo site do prêmio. Clique aqui e participe!

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias