Blog Tecnologia na Educação

Confira as melhores ferramentas e as novidades sobre o uso das TIC na sala de aula no blog

Aproveite as férias para adaptar a rede elétrica aos novos aparelhos

POR:
Jane Reolo

O ano está chegando ao fim, a escola está cada vez mais vazia, mas isso, nem de longe, significa menos trabalho. É hora de fazer as manutenções que só quando os alunos não estão em aula é possível de serem feitas.

Uma delas é da fiação elétrica. E sabe por quê? Cada vez mais as tomadas têm sido requisitadas. É tanto aparelho eletrônico que não tem régua que dê conta! Quer um exemplo? Recentemente, participei de um evento em uma universidade. Acabei sentando numa cadeira que ficava ao lado de uma régua de tomada (aliás, leia aqui sobre a diferença entre régua e filtro de linha). Que azar! Não conseguia ficar quieta porque a todo instante pessoas me pediam licença para plugar algum equipamento. Olhem a foto que eu tirei e que mostra como a régua estava disputada!

A mobilidade dos nossos aparelhos eletrônicos criou esta demanda de pontos de energia para recarregar baterias que não duram o dia inteiro. Na escola, onde normalmente as instalações elétricas não passam por revisões periódicas, as tomadas acabam sendo sobrecarregadas por smartphones, computadores pessoais, projetores, impressoras e afins, com risco de prejudicar o funcionamento dos equipamentos e provocar um curto circuito, principalmente quando são usados benjamins, réguas e outros extensores.

Então, é hora de planejar uma reforma. Proponho algumas soluções que, além de não muito caras, são possíveis de serem realizadas por um profissional de elétrica durante as férias de janeiro:

  • Aumentar o número de tomadas por ambiente, respeitando a potência do quadro de força do prédio.

É possível ampliar a quantidade de entradas sem quebrar paredes. Nesse caso, a sugestão é realizar uma instalação elétrica aparente com eletrodutos galvanizados. Neste vídeo, dá para ver como esse é um procedimento simples e de rápida execução.

  • Adequar o padrão das tomadas para o modelo de três pinos.

Além de serem padrão nacional, as tomadas de três pinos possuem o fio de aterramento, que é essencial para garantir a segurança dos equipamentos e dos usuários. Neste link encontram-se orientações para adequar as tomadas das salas de aula, área administrativa, sala dos professores e demais dependências da escola.

  • Inserir tomadas exclusivas para smartphones.

As tomadas USB servem, entre outras coisas, para recarregar smartphones e podem ser espalhadas pelo pátio e pelos locais de maior circulação dos alunos. É possível ver a maneira de se fazer essa instalação aqui.

Mas lembre-se! Antes de começar as alterações, mudando, por exemplo, o quadro de disjuntores, é preciso consultar o departamento da Secretaria de Educação responsável pela manutenção.

Daí, é só esperar no começo do ano pelos olhares curiosos e empolgados dos professores, funcionários e alunos que vão encontrar a escola mais moderna do que quando saíram de férias!

E, claro, não esqueçam, vocês mesmos, de aproveitarem o recesso!

Até o ano que vem!

Abraços,

Jane Reolo

Tags

Guias