Ir para o conteúdo Pular para o menú principal
ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão icone ler mais tarde Ler mais tarde
icone menu

Piso salarial do Magistério é reajustado em 13% e passa para 1.917,78 reais

Novos valores devem ser pagos a partir de janeiro

por:
EM
Elisa Meirelles

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira, 6 de janeiro, que o piso salarial do Magistério foi reajustado em 13,01%, passando de 1.697 para 1.917,78 reais, relativos a uma jornada de 40 horas semanais. Segundo o MEC, os salários dos profissionais da Educação devem ser alterados já neste mês de janeiro.

Desde que a lei do piso foi aprovada, em 2008, o valor aumentou 102%. Em 2009, o pagamento mínimo estabelecido era de 950 reais. No ano seguinte, o montante subiu para 1.024,67, chegando a 1.187 em 2011, 1.451 em 2012, 1.567 em 2013 e 1.697 em 2014.

Embora determinado em lei, o piso não é pago por parte das redes estaduais e municipais. Segundo um levantamento divulgado em maio de 2014 pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), sete estados contam com salários abaixo do valor estabelecido e 14 que não garantem a reserva de um terço da jornada dos professores para atividades fora da sala de aula (confira a tabela completa).

As redes que não remuneram corretamente alegam não dispor de recursos suficientes e reivindicam uma maior participação da União no financiamento da Educação. Essa ajuda do Governo Federal está prevista na lei do piso, mas até hoje nenhum ente federado recebeu as complementações. Com o aumento de 13,01%, certamente o tema voltará ao debate.

ANÚNCIO
LEIA MAIS