"Colorir" é um verbo defectivo?

S.O.S. Português

POR:
Beatriz Vichessi

Pergunta enviada pela leitora Elaine Coelho Darto, Porto Alegre, RS

Por que o verbo colorir não admite a forma "eu coloro"? Esse é um dos verbos da Língua Portuguesa que são classificados como defectivos, pois não têm a conjugação completa. Faltam-lhe a primeira pessoa do singular do presente do indicativo (eu) e as formas dela derivadas: o presente do subjuntivo, o imperativo negativo e algumas pessoas do imperativo afirmativo. As ausências se justificam porque os sons das flexões não são considerados eufônicos (não soam agradáveis, mas estranhos, dissonantes). Para solucionar essas carências, devemos utilizar outras formas equivalentes que não alterem o significado do que queremos expressar. Confira algumas possibilidades. "Ele pede que eu pinte a parede", "Eu pinto a tira que já está pronta", "Ponha mais cor nesse desenho, menino", "Pinte a paisagem com cores mais fortes". Existem outros verbos defectivos. Precaver e reaver, por exemplo, não têm a primeira pessoa do singular do indicativo (apresentando somente a primeira e a segunda pessoa do plural do presente do indicativo: nós precavemos, vós precaveis e nós reavemos e vós reaveis, respectivamente), todo o presente do subjuntivo e o imperativo negativo. No caso do verbo adequar, não existem as formas "eu adequo", "ele adequa", "que eu adeque" e "que nós adequemos", entre outras. Mais uma vez é preciso buscar substituições pertinentes para o contexto, como as flexões dos verbos adaptar e ajustar.

Consultoria Dileta Delmanto, autora de livros de Língua Portuguesa.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias