Quantos fonemas existem na língua inglesa?

Aspectos linguísticos

POR:
Rita Trevisan, NOVA ESCOLA, Tatiana Pinheiro

A língua inglesa tem 20 fonemas vocálicos - entre eles, sete ditongos - e 25 fonemas consonantais, com pequenas variações de um dicionário a outro. Os fonemas - a menor unidade sonora de uma língua - ocorrem de acordo com o espaço geográfico em que são utilizados. Por isso, mesmo entre falantes de um mesmo idioma, há variações decorrentes, por exemplo, dos dialetos. Essas mudanças estão relacionadas a fatores estéticos, sociais ou pessoais e vão se colocando de modo gradativo, até que algumas se estabelecem e passam a ser consideradas padrão. Em geral, os fonemas de uma língua conseguem ser reconhecidos por todos, mesmo que sejam diferentes daqueles usados pelo falante. Em inglês, a maioria dos fonemas é vocal, com algumas variações nasais, enquanto na língua portuguesa predominam os sons nasais - o que pode levar falantes do português a ter dificuldade de reconhecer alguns sons que não existem na língua materna. Sem reconhecer o fonema, não é possível saber qual é o seu ponto de articulação, ou seja, quais áreas responsáveis pela fala - boca, língua, dentes etc. - deve-se acionar para produzir o som. A tendência, nesse caso, é reproduzir sons que já existem na língua nativa.

 

 

 


Consultoria Ana Paula Barbosa Risério Cortez, formadora em ensino de línguas estrangeiras e docente da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

Pergunta enviada por Bruna Mattos de Souza, Brasília, DF

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias