Compartilhe:

Jornalismo

Foto: Rischgitz/Getty Images
CONGRESSO DE VIENA Conferência entre nações europeias deu neutralidade à Suíça

A Suíça reivindica a neutralidade desde o século 16, mas essa condição só foi oficialmente aprovada em 1815, durante o Congresso de Viena. O país fez uma declaração, que foi aprovada pelas nações participantes. Hoje, sua neutralidade é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), criada em 1945. Nos anos posteriores, manteve sua postura e não fixou mais alianças militares de qualquer ordem nem interferiu em guerras, mantendo relações diplomáticas com as partes em conflito. Assim, o país ficou conhecido como um lugar seguro para guardar bens e proteger o patrimônio daqueles que participavam das guerras e ficou impedido de vender material bélico. No entanto, o status de país neutro é questionado por historiadores. A Suíça é acusada de ter dado abrigo a criminosos de guerra e negar asilo a perseguidos pelo regime nazista. O argumento do país foi o de que agiu, em muitas ocasiões, sob pressão de Adolf Hitler (1889-1945).


Consultoria Pedro Paulo Funari, coordenador do Núcleo de Estudos Estratégicos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Pergunta enviada por Helena Pfulgelman, Treze Tílias, SC

continuar lendo

Veja mais sobre

Relacionadas

Últimas notícias