Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Maria Níceas Oliveira França

Estudantes do 9º ano de Sobral, CE, ampliaram sua visão sobre a caatinga com saídas a campo completas, da pesquisa inicial à reflexão sobre os dados

POR:
Bruna Nicolielo
Foto: Wellington Macedo
Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10

Para a turma de 9º ano da EMEF Professor Arruda, em Sobral, a 239 quilômetros de Fortaleza, a caatinga era apenas um ambiente marcado pela seca, rude e com vegetação esturricada. Apesar de ser a paisagem dominante da cidade, os alunos reproduziam o que traziam os livros didáticos.

A educadora Maria Níceas Oliveira França quis desconstruir essa visão. Com imagens de diferentes biomas brasileiros, ela debateu com a turma três conceitos - paisagem, lugar e território -, fundamentais para entender como se organiza o espaço.

Em seguida, organizou saídas a campo. Numa praça próxima, a garotada analisou os elementos naturais e humanos que compunham os arredores. Mais adiante, uma viagem até a zona rural do município permitiu observar uma surpresa: a exuberância da caatinga no inverno.

As árvores estavam verdes, e os açudes, cheios (bem diferente da paisagem dominada por arbustos secos e cactos que os estudantes tinham no imaginário). "Contribuí para um olhar mais complexo sobre a paisagem", comemora.

Maria Níceas Oliveira França

EEFM Professor Arruda, Sobral, CE
Disciplina Geografia
Conteúdo Leitura da paisagem
Ano

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias