É verdade que o gelo dos polos está derretendo em ritmo acelerado?

Aquecimento global

POR:
Eduardo Lima, Rita Trevisan, NOVA ESCOLA

Pergunta enviada por Pedro Luís Amarante, Vila Nova, ES

Por enquanto, isso é verdade apenas no Círculo Polar Ártico. Imagens de satélite revelam que, nos últimos 30 anos, o aquecimento global fez diminuir significativamente a cobertura de gelo dessa região. A expectativa da comunidade científica é que, já nas próximas décadas, os mares do norte fiquem totalmente livres de água congelada durante o verão - algo jamais registrado. No Círculo Polar Antártico, entretanto, o derretimento ainda é pontual, concentrado principalmente na península Antártica (aquela língua de terra cercada de ilhas que avança em direção à América do Sul). O problema é que, segundo os pesquisadores, o degelo vai se generalizar neste século. Tudo porque a temperatura do planeta não para de subir, empurrada pelos gases de efeito estufa lançados na atmosfera. Quanto maior for o derretimento, maior será a quantidade de radiação solar absorvida pelo oceano. Nesse cenário, a temperatura da água subiria, trazendo consequências catastróficas para a fauna marinha. Já para a humanidade, isso significaria a elevação do nível dos mares e o provável incremento na ocorrência de fenômenos climáticos extremos.


Consultoria Jefferson Simões, professor do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS).

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias