ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão Ler mais tarde

Em que caso usar pelo qual, do qual, o qual e cujo?

por:
RN
Ronaldo Nunes
PA
Pablo Assolini
RT
Rita Trevisan
EM
Elisa Meirelles
Novembro de 2009

O pronome relativo cujo serve para criar uma relação de posse e acompanha o substantivo. Ele aparece na frase como adjunto adnominal ou complemento nominal. Não se usa artigo depois do pronome cujo. Caso a palavra seguinte seja feminina ou esteja no plural, deve-se utilizar as variações cuja, cujas ou cujos. Exemplo: "Não gosto de restaurantes caros. Os donos dos restaurantes caros são muito esnobes. Não gosto de restaurantes caros, cujos donos são muito esnobes". 

Já o pronome qual substitui o substantivo. Ele sempre vem precedido por preposição - é o caso de pelo qual e do qual - ou por artigo - o qual. Quando a preposição tiver duas ou mais sílabas, é preciso usar qual, em vez de quem ou que. Exemplos: "Conversamos sobre um assunto triste. O assunto sobre o qual conversamos é triste", "Nós estamos passando por um problema. Esse é o problema pelo qual estamos passando" e "Estava falando de um assunto importante. Esse é o assunto do qual estava falando".

 

Consultoria Noemi Jaffe, doutora em Literatura pela Universidade de São Paulo (USP).

Pergunta enviada por Rosane Lima Tiago, Itapura, SP

ANÚNCIO
LEIA MAIS