Travel Guide para todos os turistas

Escrever um guia de viagem faz o grupo ter contato com outro idioma de modo significativo

POR:
NOVA ESCOLA, Beatriz Vichessi, Larissa Teixeira
Escrever um guia de viagem faz o grupo ter contato com outro idioma de modo significativo. Bruno Algarve

Além de assistir aos jogos da Copa, muitos turistas vão querer conhecer o patrimônio natural e histórico brasileiro. Para isso, eles precisarão de orientações: o que vale a pena visitar, horários de funcionamento, preço da entrada etc. Tudo em inglês. Só assim será possível atender às diversas nacionalidades presentes. Que tal então desafiar a turma a criar um guia turístico do estado ou da cidade em que vive? O material poderá ser distribuído gratuitamente em comércios, na rodoviária e até disponibilizado online, caso se queira montar um site.

Com o projeto, que engloba atividades de leitura e produção de texto, a garotada poderá colocar em prática o que já sabe (e aprender mais) sobre simple present, simple past, passive voice, time adverbs usados como marcadores temporais (por exemplo, for, since e today) e modal verbs (sobretudo can e may).

Para iniciar o projeto, pergunte quem conhece guias de viagem, a quem se destinam e qual a função deles. Combine com a sala que quem tiver acesso a eles (em inglês, impressos ou online) deverá levá-los à escola na aula seguinte. Você também deve apresentar bons modelos, como Lonely Planet e Frommer’s. Por mais que muitos docentes julguem complicado os jovens trabalharem com textos em inglês, é assim que se aprende: em contato com o idioma. "De posse de material autêntico, lemos informações expressas de forma característica da língua estudada", explica Maria Senatore, docente da Universidade de Estudos de Módena e Reggio Emilia (Unimore).

Na data combinada, organize a análise coletiva do material. Chame a atenção para as seções, as linguagens e o vocabulário. "Questione os itens que se repetem e liste os que os alunos julgam imprescindíveis (como places to visit/go, historical information, address, price e phone)", orienta Celina Fernandes, consultora em Língua Estrangeira. Discuta também os tempos verbais e os auxiliares usados e como o texto é construído - é importante que a classe conclua que a linguagem é objetiva, clara e formal - e o que o compõe (leia na próxima página) .

Feito isso, organize uma atividade de leitura: monte grupos e distribua textos expositivos de guias em inglês que tratem de patrimônios históricos e naturais do Brasil. Cada equipe deve ler o material, buscar compreender o texto e tentar completar a lista de itens importantes, escrita anteriormente. Maria sugere que os alunos primeiro realizem uma leitura rápida sem se preocupar com palavras desconhecidas e depois compartilhem dúvidas e palpites. Só depois devem consultar o professor ou um dicionário inglês-inglês. Após a leitura, cada grupo deve expor oralmente o conteúdo lido para a sala. Antes das apresentações, questione quais frases podem ser usadas, como It talks about…, It mentions…, It describes… "A ideia é levar os alunos a usar o léxico e a composição sintática dos originais, já que eles também precisarão escrever essas construções, por exemplo: It describes the Museum of Arts and Crafts, where you can find…", explica Celina.

Depois das apresentações, questione quais patrimônios da cidade ou do estado farão parte do guia da turma. Cada grupo será responsável por dois. Recorra à lista de itens importantes e questione o que deverá aparecer em todos os textos.

Antes de escrever, os grupos devem buscar informações sobre os locais escolhidos. Em paralelo, todos precisam pesquisar sobre um patrimônio em comum - sobre ele será produzido um texto coletivo. Indique sites ou materiais impressos em inglês como fontes e incentive que os locais, se possível, sejam visitados e fotografados.

Produções escritas em inglês

Hora de escrever: o primeiro texto será sobre o local pesquisado por todos e você fará o papel de escriba. Questione como começar e quais verbos usar e lance perguntas como: "Devemos usar o verbo to be no simple present? Por quê?".

Em seguida, oriente cada grupo a fazer sua produção. Sandra Durazzo, da Target Idiomas, em São Paulo, avisa que um erro comum dos jovens é pensar em português e depois traduzir termo a termo. Então, incentive a escrita em inglês. "Peça que simplifiquem as ideias, usem vocabulário conhecido e observem se nos modelos lidos há algo similar ao que querem dizer", ela fala. Nesse caso, usar materiais de referência ajuda. Ao transcrever um trecho, valendo-se dele para escrever o próprio texto, fazendo as adaptações necessárias, aprende-se mais.

Na etapa seguinte, fale para os grupos trocarem as produções e revisá-las, deixando recados para os colegas recomendando melhorias. Depois, devem retomar os próprios escritos e alterá-los. Faça intervenções e chame a atenção para os equívocos que não foram notados.

Por fim, os jovens têm de pensar no nome e no visual do guia. Oriente a busca por imagens dos patrimônios (podem ser usadas fotos tiradas pela turma, assim como as disponíveis na internet - nesse caso, é importante mencionar os créditos). Na hora de montar a estrutura, recorra a programas como Word ou PowerPoint e disponha as imagens acompanhando os textos. Se a escola não puder arcar com os custos de impressão, pense em parcerias com comerciantes: em troca da logomarca das lojas na última página, eles pagam as despesas. Considere organizar uma reunião com a comunidade escolar para fazer o lançamento do guia.

Para a avaliação, planeje analisar como cada um se saiu lendo e escrevendo materiais em inglês. Observe se a turma assimilou as características dos textos expositivos dos guias e as considerou na produção coletiva e na revisão.

Características dos textos expositivos dos guias

Pão de Açúcar, Rio de Janeiro

Escrever um guia de viagem faz o grupo ter contato com outro idioma de modo significativo. Bruno Algarve

Pão de Açúcar (Sugar Loaf), the rocky peak that was named

after the shape of its outline, offers an uninterrupted view over Rio since its inauguration, in 1912. From a height of 395 meters, you can admire Guanabara Bay and the coastline, with Copacabana to the south and Corcovado to the west. When the sun goes down, the panorama is magic. You can reach the summit by cable car (with a change at Morro da Urca).

Useful Information

  • Address: Av. Pasteur, 520, Urca, Rio de Janeiro
  • Phone: (21) 2546-8400
  • Website: bondinho.com.br
  • Prices: Adults 53 reais ; below 6 years old free; 6 to 21 years old 26 reais
  • Opening hours: Monday to Sunday, 8 am - 7:50 pm

Teatro Amazonas, Manaus

Escrever um guia de viagem faz o grupo ter contato com outro idioma de modo significativo. Bruno Algarve

The theater is a replica of Paris’ Opera Garnier in the middle of the Amazon. When it was inaugurated in 1896, Teatro Amazonas became the symbol of the town, a highly visible one, with a pink frontage and cupola representing the Brazilian flag. In August it attracts a major opera festival and the Amazonian symphony orchestra plays every week. Come and see a show during the day and take a look at the sumptuous interior at the same time.

Useful Information

  • Address: R. Tapajós, Praça São Sebastião, s/nº - Centro, Manaus
  • Phone: (92) 3232-1768
  • Prices : free of charge
  • Opening hours: Monday to Saturday, 9 am - 5 pm

Passive voice
Modal verbs
Time adverbs
Simple past
Imperative
Simple Present

1 Análise de bons modelos Selecione guias de viagem impressos e online em inglês e peça que a turma faça o mesmo. Proponha uma reflexão sobre eles, explorando suas características. Questione os itens que não podem faltar.

2 Leitura em inglês Divida a turma em equipes e distribua para cada uma textos expositivos em inglês, retirados de bons guias. Organize a leitura e incentive a troca de ideias e dúvidas. Depois, cada grupo deve apresentar suas descobertas para a sala.

3 Pesquisa do entorno Oriente os grupos a escolher dois patrimônios sobre os quais irão escrever para o guia. Juntos, selecionem mais um para ser trabalhado pela classe toda.

4 Produção em inglês O primeiro texto a ser escrito será coletivo. Como escriba, ajude a turma a começar a produção. Depois, cada equipe deverá escrever os seus. Encaminhe a revisão até que os textos estejam prontos para publicação.

5 Ideias para a arte final Oriente a pesquisa de imagens dos patrimônios e combine com a turma como o guia será paginado no computador. Providencie a impressão do material.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias