Compartilhe:

Jornalismo

5 sugestões para terminar o ano e se preparar para 2024

Consolide as avaliações, organize todos os registros para o professor do próximo ano e não deixe de olhar para sua própria prática

PorSelene Coletti

12/12/2023

Confira sugestões para terminar o ano bem organizado. Foto: Getty Images

Com o novo ano batendo à porta, é hora de finalizar, celebrar as conquistas, avaliar o percurso e pensar no próximo ano letivo. Mesmo que não vá ficar na mesma escola ou vá pegar turma, não podemos terminar o ano sem refletir sobre o percurso, registrar as reflexões e entender o que pode ser mudado ou mantido em sua prática. 

Para te auxiliar, trouxe cinco sugestões para encerrar 2023 e pensar no próximo ano letivo. 

1. Organize os materiais dos estudantes: reúna tudo que possui da turma, as atividades avaliativas (diagnósticas e de percurso), relatórios, pautas de observação, portfólios com as produções de cada estudante, registros fotográficos ou em vídeo. 

2. Consolide as avaliações da turma: em minha escola, os educadores produzirão um documento para registrar as aprendizagens de seus estudantes, pensando no próximo professor da turma. 

Fazer esse exercício exigirá uma análise da sua turma pautada nos objetos do conhecimento do nosso currículo e responder perguntas como:

  • O que meus alunos já aprenderam?
  • O que eles ainda precisam reforçar?
  • O que eles ainda não sabem?

Compartilho abaixo o modelo que estamos usando. Em nosso caso, estamos focando nas aprendizagens de Língua Portuguesa e Matemática.

Acesse tabela para consolidar as informações

Este material, com o complemento ao tópico anterior, auxiliará o próximo professor a ter uma visão geral das aprendizagens de cada estudante, com base no olhar de quem os acompanhou durante todo o ano escolar. 

Construímos também uma parceria com as escolas de Educação Infantil próximas às da nossa. A proposta é que as professoras dessas crianças conversem com as do 1º ano, para que estas possam conhecer a rotina da classe. Essas informações são importantes para pensar a nova rotina no 1º ano, facilitando a adaptação à nova escola. Se ainda não for uma prática em sua escola, é uma ótima sugestão para levar para a gestão escolar. 

3. Retome seu plano de ação: analise a sua eficácia e o que pode ser melhorado para o próximo ano, de forma a aprimorar o seu modelo de planejamento. Caso esta ainda não seja uma realidade em sua rotina, é o momento de conhecer um pouco mais e pensar em colocá-lo em prática no próximo ano. Acesse aqui um exemplo de plano de ação que compartilhei em uma coluna anterior.

4. Faça uma avaliação completa do ano: para além de verificar as aprendizagens para o fechamento do ano, é importante você também fazer uma análise da turma de forma geral e da escola, para apontar o que deu certo, quais foram as dificuldades enfrentadas e as lições aprendidas bem como as sugestões de melhoria. 

O foco é o pedagógico, mas também é possível pensar em outros aspectos que auxiliem a ter uma visão completa do que foi este ano. 

5. Garanta tempo para fazer sua autoavaliação: dedique também um tempo para olhar para sua própria prática. A autoavaliação é um instrumento de extrema importância para o nosso autoconhecimento e aprimoramento. Confira aqui uma rubrica de autoavaliação

A gestão escolar deve apoiar esse processo. Essas informações irão auxiliar a conhecer melhor cada profissional, pensar em estratégias para contribuir com a formação da equipe. 

Antes do apagar das luzes, faça aquela limpeza de armário, jogue fora tudo o que não serve mais, deixe apenas aquilo que é necessário para a continuidade dos trabalhos no próximo ano. Assim pode aproveitar as merecidas férias com a tranquilidade de que terminou o ano bem organizado.  

Desejo ótimas festas de fim do ano, que o próximo ano seja iluminado para cada um de vocês. Boas férias!

Até a próxima! 

Selene

Selene Coletti é professora há 41 anos na rede pública. Atuou na Educação Infantil e foi alfabetizadora por 10 anos, lecionando do 1º ao 5º ano. Em 2016, foi uma das ganhadoras do Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita, com o projeto “Mapas do Tesouro que são um tesouro”, na área de Matemática. Foi diretora de escola e recebeu, em 2004, o Prêmio “Gestão para o Sucesso Escolar”, do Instituto Protagonistes/Fundação Lemann. Atuou como coordenadora do Núcleo de Formação Continuada e também como formadora da Educação Infantil na Prefeitura de Itatiba (SP). Atualmente é vice-diretora da EMEB Philomena Zupardo, em Itatiba.

Veja mais sobre

Últimas notícias