Compartilhe:

Jornalismo

Copa do Mundo e Matemática: veja como aliar futebol às atividades de Geometria

Do esquema tático do técnico Tite aos estádios que receberão jogos no Catar, confira sugestões para avançar no aprendizado das turmas dos Anos Finais do Fundamental

PorRosiane Prates

31/10/2022

Foto: Getty Images

A Copa do Mundo de Futebol, um dos eventos esportivos mais esperados, está chegando. Em 2022, a competição será realizada no Catar, o que permite olhar para os aspectos culturais do país, bem como para as possibilidades de engajamento na prática em sala de aula a partir da temática. Quando consideramos o contexto do mundial e o ensino-aprendizagem de Matemática, temos várias atividades que permitem envolver os alunos. 

Por exemplo, ao observar o modelo e a dinâmica dos jogos, é possível tomar como base o desempenho da seleção do Brasil aplicando o estudo de estatística, ou ainda observar a presença de aspectos da geometria na construção dos estádios, aliando as peculiaridades culturais do país sede da competição.

E convenhamos, professores, nesse retorno ao modelo presencial, após quase dois anos de ensino remoto ou híbrido, é importante considerar uma prática pedagógica envolvente e próxima da realidade do aluno, não é mesmo? Além disso, a Matemática precisa estar alinhada aos princípios de uma Educação com equidade e acessibilidade, uma vez que há a presença de um grande desnivelamento envolvendo conceitos básicos do componente.

Assim, quando as séries finais do Ensino Fundamental são consideradas, é indispensável o processo de revisão interligado com a construção de um novo conceito, com vistas para a utilização de atividades que proporcionem engajamento e tenham, de alguma maneira, proximidade com o cotidiano dos estudantes.

Geometria e a Copa do Mundo do Catar

Quando a arquitetura dos estádios onde acontecerão os jogos é considerada, fica notável o arranjo geométrico do design, ou seja, são identificáveis padrões geométricos na decoração das construções, atrelados aos aspectos culturais locais – no caso do Catar, uma forte ligação com a decoração islâmica, desenvolvida ao longo dos séculos com desenhos construídos geralmente a partir da combinação entre quadrados e círculos. 

O estudo de geometria na Copa do Mundo também pode ser realizado considerando aspectos da Seleção Brasileira, a partir da relação existente entre o esquema tático, com a posição dos jogadores em campo, por meio do desenho aplicado ao futebol. Vejamos, então, algumas propostas com ênfase no estudo de geometria a partir desses aspectos do maior evento futebolístico.

Atividade com esquema tático

Uma prática que pode usar a Copa como gancho é utilizar uma malha quadriculada, do tamanho que desejar (1 x 1 m, 2 x 2 m...), e, a partir daí, apresentar o esquema tático da Seleção Brasileira para o mundial, fazendo com que o aluno identifique os pontos conforme a orientação para depois reconhecer possíveis figuras geométricas e suas características.

Aqui, tive ajuda do jornalista esportivo da Tribuna de Santos, Bruno Lima, que explicou que o Tite, técnico da Seleção Brasileira, definiu o esquema “4-3-3” para o mundial. Às vezes ele faz algumas alterações, com substituição de jogadores, principalmente no meio de campo, mas o esquema de base é esse.  

Assim, observe, caro colega, que é possível verificar a formação de figuras geométricas ao fazer a ligação dos pontos na malha quadriculada, sendo que os mesmos representam a posição dos atletas no esquema tático do técnico Tite.

Na imagem do campo de futebol, por exemplo, o ponto 1B na malha quadriculada representa o jogador Alex Telles, enquanto o ponto 1H representa o atleta Vinícius Junior; já o ponto no centro das demarcações entre 4H e 4I representa o atacante Richarlison. Encontrar os jogadores conforme as coordenadas pode servir de desafio para a turma!

Além disso, ao ligar os pontos do esquema tático conseguimos identificar figuras geométricas, sendo possível fazer o estudo sobre os conceitos de vértice, aresta, números de lados e regularidades, bem como encontrar outras possibilidades de figuras de acordo com o movimento em campo ou a mudança do esquema.

Estádios da Copa e estudo de padrões geométricos

Outra sugestão é evidenciar os padrões geométricos por meio da arquitetura dos estádios da competição e do contexto cultural e histórico do Catar. Cada estádio tem um formato arquitetônico exclusivo. Por exemplo, o projeto arquitetônico do estádio Al Bayt, que será palco do jogo de abertura da Copa, entre Catar e Equador, tem inspiração nas tendas nômades, e seu design externo possui padrão geométrico característico da cultura local. 

Por isso, uma alternativa é desenvolver uma atividade a partir desse aspecto, considerando a técnica Girih, presente nas ornamentações islâmicas, que consiste em desenhos geométricos formados geralmente por estrelas e polígonos. 

Essa prática pode ser desenvolvida em duplas: os alunos recebem as peças recortadas, ou para recortar, com o objetivo de verificar as possibilidades de criação de figuras, mantendo o padrão geométrico ao relacionar o encaixe das peças e a ligação dos vértices. A atividade pode ser impressa em folha A4 ou cartolina branca ou colorida, conforme a disponibilidade dos recursos.

Padrões na malha quadriculada

Ao utilizar a malha quadriculada para construção de desenhos geométricos, temos diversas possibilidades. Uma delas é considerar a ligação entre os pontos e verificar o padrão geométrico do desenho formado a partir dessa ação. O Estádio Nacional de Lusial, que receberá a grande final da Copa do Mundo, tem arquitetura inspirada em aspectos do artesanato árabe, com revestimento externo com formas geométricas que formam triângulos. 

Uma prática pode ser feita em duplas, e cada aluno recebe folha de malha quadriculada com pontos determinados. O objetivo é ligar os pontos e verificar a criação de vários triângulos, menores e maiores, com destaque para os padrões geométricos encontrados. Para incrementar, a turma pode ser convidada a colorir as peças.

Veja aqui um plano de aula envolvendo o conceito de área.

Realizar atividades em sala contemplando a Copa do Mundo no Catar e o estudo de conceitos geométricos permite a construção e a revisão de conteúdos com engajamento e aproximando a prática de aspectos do cotidiano dos estudantes.

Para avaliar essas atividades, observe e converse com a turma, verificando a construção a partir das orientações, bem como a produção final dos desenhos ou encaixes acompanhados de análise. Aproveite também, professor, para envolver questões culturais e contextualizá-las. Sem dúvida, esses detalhes enriquecerão o momento de ensino e aprendizagem em sala de aula.

E então, qual das sugestões melhor se adapta à sua realidade docente? Desejo que mais de uma! Aproveito para indicar mais um plano de aula referente às habilidades do currículo das séries finais. Forte abraço e até a próxima! 

Rosiane Prates é professora de Matemática das séries finais do Ensino Fundamental, atua há mais de dez anos na rede pública e já integrou o Comitê de Avaliação do Município de Pinheiros (ES). Em 2022, participou da 4ª edição do Mulheres na Ciência e Inovação, programa de formação para pesquisadoras no Brasil realizado pelo Museu do Amanhã e o British Council. Também foi professora-autora no projeto Planos de Aula de Matemática, realizado pela Associação Nova Escola. Além disso, tem participação como voluntária em projetos socioeducacionais e de empreendedorismo. É licenciada em Matemática e Pedagogia, graduada em Administração, especialista em Ensino e Currículo e em Matemática na Prática.

Veja mais sobre:

Últimas notícias