Compartilhe:

Jornalismo

Matemática: como utilizar recursos tecnológicos em sala de aula

Confira 4 sugestões para desenvolver aprendizagens curriculares utilizando ferramentas digitais

PorSelene Coletti

17/10/2022

Foto: Getty Images

Vivemos em um mundo em que a tecnologia está muito presente: o celular, o computador, o caixa eletrônico, os diferentes aplicativos que com um toque permitem acompanhar a vida de um amigo que mora longe, fazer compras ou marcar consultas médicas. Durante a pandemia, ela permitiu encurtar distâncias. No entanto, na Educação, para muitos, foi uma barreira – dada a desigualdade de acesso a essas ferramentas.

Hoje, a internet ainda não está disponível em todas as escolas públicas do Brasil. Outra barreira está no fato de que muitos educadores não se sentem confortáveis em usar a tecnologia por falta de formação sobre o assunto.

Para lhe ajudar, professora e professor, proponho que olhemos para diferentes recursos tecnológicos para pensar como eles podem ser adaptados a diferentes realidades e necessidades e para fazer uso deles a favor da aprendizagem. 

Uso de tecnologia na Matemática

Recentemente, falei sobre o uso de calculadora nos Anos Iniciais. Esse instrumento provavelmente é um dos mais acessíveis – já que pode ser encontrado na maioria dos celulares ou adquirido pela escola por um baixo custo. 

Por isso, hoje vou focar em outro grande conhecido nosso: o computador. Quando disponível, o laboratório de informática permite que todos os alunos possam trabalhar em grupos menores (ou individualmente). No entanto, se esse não for o caso de sua escola, ainda é possível buscar alternativas. Por exemplo, em uma dinâmica de rotação por estações, pode haver um computador (ou tablet, no caso de redes que tenham essa ferramenta disponível) no canto da sala e um grupo por vez pode desenvolver aquela atividade. 

Fazer uso de vídeos também é uma forma fácil de incorporar a tecnologia à sua prática. Em uma proposta de sala de aula invertida, um tipo de metodologia ativa, por exemplo, os alunos poderiam ter acesso, por meio de um vídeo, ao conteúdo que será abordado em sala de aula. 

Uma ferramenta que conheci e com a qual me encantei durante o ensino remoto foi o Padlet. Ele permite construir murais digitais que registram o trabalho realizado com a turma e pode ser compartilhado com as famílias. Não podemos deixar de falar também do WhatsApp, que entrou na nossa rotina durante a pandemia. Em minha escola, ele continua sendo muito utilizado para as trocas com as famílias.

4 sugestões de atividade com uso de computador

Separei propostas utilizando tecnologia para desenvolver habilidades matemáticas. 

- Coleta de dados de pesquisa: esse levantamento pode ser feito por meio do Google Forms. Com os maiores, você pode também propor que cada aluno produza seu próprio formulário. Com os menores, essa construção pode ser coletiva, com base no tema escolhido.

- Construção de gráficos: explorar esse tipo de representação de dados pode facilitar a compreensão dos alunos a respeito do que significa acrescentar ou diminuir dados, dada a possibilidade de ver a mudança de forma automática no desenho. Esses materiais podem ser objeto de situações-problemas a serem resolvidas pela turma. 

- Geometria e noção de espaço: existem diversos softwares gratuitos para trabalhar esse aspecto da Matemática. Destaco o Poly (para explorar os sólidos) e o GeoGebra – aqui você encontra ideias bem legais para usar com turmas do 1º ao 5º ano. 

- Jogos digitais: ao pesquisar, aparecerão diversas possibilidades. Basta encontrar uma que corresponda às necessidades da sua turma.

Muitos quebra-cabeças, por exemplo, podem ser baixados sem custo, com diferentes possibilidades de encaixe, de acordo com a sua turma. Outro software que permite fazer o download gratuito de vários jogos matemáticos é o Gcompris – meus alunos sempre adoraram!

Eles podem ser utilizados para introduzir um novo conteúdo, explorar o que já sabem, trazer novos desafios ou também como uma forma de aprofundar os conhecimentos daquele conteúdo. 

Essas são algumas das muitas possibilidades de usar recursos tecnológicos nas aulas de Matemática. Seu uso contribui muito para o trabalho envolvendo a alfabetização e o letramento matemático e permite a construção de aprendizagens mais significativas. 

Aproveito para desejar um feliz mês do professor para todos nós, que estamos sempre nos reinventando pessoal e profissionalmente!

Abraços especiais e até a próxima!

Selene

Selene Coletti é professora na rede pública há 40 anos. Atuou na Educação Infantil e foi alfabetizadora por dez anos, lecionando do 1º ao 5º ano. Em 2016, foi uma das ganhadoras do Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita, com o projeto “Mapas do Tesouro que são um tesouro”, na área de Matemática. Foi diretora de escola e recebeu, em 2004, o Prêmio Gestão para o Sucesso Escolar, do Instituto Protagonistes/Fundação Lemann. Atuou como coordenadora do Núcleo de Formação Continuada e também como formadora da Educação Infantil na Prefeitura de Itatiba (SP). Atualmente é vice-diretora da EMEB Philomena Zupardo, em Itatiba.

Veja mais sobre:

Últimas notícias