Compartilhe:

Jornalismo

Conheça uma experiência de como metodologias ativas podem estar presentes no dia a dia do Ensino Médio

Estratégia permite que o aluno produza conhecimento e trabalhe com criatividade e reflexão

PorNOVA ESCOLA

23/05/2022

Uma das metodologias ativas que fazem parte da rotina na E.E Professora Adelaide Rosa Fernandes Machado de Souza, na zona sul de São Paulo, é a Aprendizagem Baseada em Projetos.
Foto: Rogério Assis e Bruno Mazzoco/NOVA ESCOLA

Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP), gamificação e ensino híbrido são metodologias ativas presentes em muitas escolas. Com o Novo Ensino Médio, por exemplo, esses recursos surgem para dar mais protagonismo aos alunos e estimular a participação deles.

Na EE Professora Adelaide Rosa Fernandes Machado de Souza, na zona sul de São Paulo (SP), tais estratégias são utilizadas em oposição ao modelo tradicional, em que o professor faz a exposição sem abrir espaço para debate, interferência ou contribuição do aluno.

No caso da ABP, por exemplo, escolhe-se um tema orientador com o qual cada turma irá trabalhar para construir conhecimento, dialogar e fazer ligações com saberes próprios e coletivos. Para mostrar de que maneira isso acontece na prática, a reportagem em vídeo a seguir conta como essa metodologia ativa foi aplicada em atividades sobre a Semana da Arte Moderna, que completou cem anos em 2022. 

Os professores mostram que autonomia, problematização da realidade, trabalho em equipe e mediação da aprendizagem são elementos essenciais nesse contexto. Confira:

Este conteúdo faz parte do projeto Recomposição de Aprendizagem no Ensino Médio. Confira aqui os demais conteúdos produzidos.

continuar lendo