Cinco termos para entender os fenômenos da internet

Memes, correntes, spams, virais e hashtags. Você sabe o que esses termos querem dizer? Entenda a disseminação desses conceitos nas redes virtuais

POR:
Gabriela Portilho
termos internet
Veja na Sala de Aula

Lidar com as questões de alunos que estão cada vez mais conectados exige uma constante observação do mundo e empenho dos professores em se atualizar, principalmente quando o assunto é tencologia. Para tornar mais fácil a tarefa de acompanhar e compreender a grande quantidade de termos que surge nas redes sociais, selecionamos os principais fenômenos de disseminação de conteúdo da internet e explicamos como eles funcionam.

Meme
Se você já viu no Facebook a frase Keep Calm (acompanhada de uma frase motivacional ou sarcástica) ou piadas sobre quão durão é o ator Chuck Norris, você já esteve diante de um meme. Os memes são imagens, frases, vídeos ou quaisquer outros formatos de informação replicados a ponto de virarem uma expressão popular na internet. O meme se espalha via redes sociais, e-mails, blogs e sites e pode ser reutilizado e adaptado - por meio de paródias - por qualquer pessoa. O termo, criado pelo biólogo inglês Richard Dawkins no livro O Gene Egoísta (1976), refere-se à unidade básica de memória - análoga à unidade básica de informação genética: o gene. Os trollfaces - rostos desenhados em preto e branco "colados" em cima de imagens para satirizar personalidades) - são bons exemplos de memes.

memes


Corrente
Sabe aqueles e-mails que chegam pedindo que você repasse adiante uma determinada mensagem? Eles se tratam de correntes, ou seja, mensagens eletrônicas, disseminadas geralmente via e-mail, cujo remetente solicita ao destinatário que o conteúdo seja passado adiante. Esse tipo de conteúdo se diferencia do spam por ser recebido de pessoas com quem se tem contato e por se disseminar em progressão geométrica: uma pessoa envia a mensagem para um amigo, que reenvia para sua lista de amigos e assim por diante. As correntes vão desde pedidos de ajuda para encontrar desaparecidos até mensagens de motivação e de humor. Outro tipo comum de corrente é a que promete ganhos financeiros ou a obtenção de produtos a quem repassar a mensagem (exemplo: "envie essa mensagem para 50 amigos e concorra a um celular de última geração").

 

Spam
Spams são mensagens eletrônicas enviada em massa sem a solicitação dos destinatários. Vale para mensagens de texto no celular, e-mails e comentários em sites e blogs. Em geral, os spams têm caráter publicitário, oferecendo produtos e serviços para o maior número de contatos possível - as ofertas vão desde produtos comuns até tratamentos de beleza e estética. Esse tipo de publicidade é a versão eletrônica das malas diretas recebidas pelo correio, como catálogos de roupas, ofertas de assinaturas de revistas etc. Além dos spams publicitários, há mensagens em massa usadas para aplicar golpes (chamados de scam). Um exemplo de scam são os e-mails falsos, enviados em nome de bancos, para tentar obter dados e senhas de correntistas. É sempre bom ficar atento!

Viral
Conteúdo que se espalha rapidamente via internet. O termo, baseado na veloz reprodução de vírus biológicos, é mais comumente usado para vídeos que são acessados por milhões de pessoas em pouco tempo. Em geral, os virais são ferramentas de marketing e de publicidade (às vezes disfarçados de vídeos amadores), campanhas para causas humanitárias (como Kony 2012, o maior viral de todos os tempos, com 100 milhões de visualizações em 6 dias) ou vídeos caseiros que, de tão absurdos ou cômicos, atraem a atenção de internautas que repassam o conteúdo para seus contatos e assim por diante, criando uma audiência gigantesca. Exemplos brasileiros mais recentes de virais são os musicais Para Nossa Alegria e o Bar Mitzvah de Nissim Ourfali.

Hashtag
Palavra ou expressão precedida pelo caractere cerquilha (#). Serve como um marcador para facilitar a busca de uma palavra-chave ou de comentários relacionados a um mesmo tema. Esse jeito de sinalizar é muito popular em redes sociais como Twitter e Instagram. A cada postagem sobre as Olímpiadas de Londres, por exemplo, os usuários podem marcar (ou "taguear") o conteúdo escrevendo #londres2012. Assim, internautas interessados nos Jogos Olímpicos, podem acessar a lista dos comentários mais recentes. O teor de um comentário também pode ser esclarecido por hashtags: postagens marcadas com #prontofalei, por exemplo, indicam um comentário indiscreto, controverso ou sincero demais.

 

Consultoria

Tiago Jokura, editor da seção Tech na revista Mundo Estranho

 

 

 

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias