Qual a diferença entre "nada a ver" e "nada haver"?

Nova Escola te ajuda a tirar dúvidas sobre a Língua Portuguesa

POR:
Rita Trevisan, Bruna Nicolielo

Pergunta enviada por Gabriel Vicente, Caraguatatuba, SP

Haver e a ver são parônimos, ou seja, palavras que apresentam similaridade na grafia e produzem o mesmo som, mas têm significados diferentes.

Nada a ver (ou ter a ver)

A expressão "ter a ver" ("não ter nada a ver", em sua forma negativa) vem normalmente seguida pela preposição com e é usada no sentido de "ter relação com". Exemplos:

"A queda das vendas de automóveis não tem nada a ver com os problemas de trânsito."

"Suas notas baixas têm a ver com sua baixa frequência nas aulas."

Nada a haver (ou ter a haver)

Já a expressão ter a haver tem sentido de ter a receber, ter algo como crédito

. A expressão ter haveres, por sua vez, significa ter bens, riquezas, crédito. Exemplos:

"Meu marido ainda tem dinheiro a haver do FGTS."

"Não tenho mais nada a haver do banco."

Formas incorretas

"O aumento do preço das mercadorias não tem nada haver com a escassez dos produtos."

Forma correta:
"O aumento do preço das mercadorias não tem nada a ver com a escassez dos produtos."

"Paulo recebeu a primeira parcela do crédito, mas ainda tem a ver 100 reais."

Forma correta:
"Paulo recebeu a primeira parcela do crédito, mas ainda tem a haver 100 reais."

Veja outras dicas sobre a Língua Portuguesa na página S.O.S. Português

Consultoria Ernani Terra, doutorando em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Tags

Guias

Tags

Guias