É correto pedir a escrita de números em sequência, do 1000 ao 1100, por exemplo?

Matemática

POR:
NOVA ESCOLA
Heloisa Ramos. Foto: Marina Piedade Neury responde

Neurilene Martins é doutora em Educação e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) e responde a dúvidas sobre sala de aula

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Ana Paula Floriano, Prudentópolis, PR

Depende. A escrita de sequências numéricas feita de forma repetitiva e individual não tem valor pedagógico, pois os alunos não conseguem memorizar mecanicamente um intervalo tão grande de números. Porém, propor que os escrevam observando as regularidades envolvidas no sistema de numeração pode contribuir para o aprendizado. Portanto, a tarefa deve ser de investigação sobre as propriedades desse sistema, considerando os conhecimentos prévios da garotada sobre ele. Para tanto, problematize a questão e faça intervenções a fim de ajudar as crianças a identificar o que muda e o que permanece na escrita dos números dentro da sequência proposta. Por exemplo, em 1.001, 1.002, 1.003 e assim por diante, elas podem perceber que o último algarismo está sendo alterado, com o acréscimo de uma unidade, enquanto o restante do número permanece igual. Você também pode solicitar a escrita em intervalos de 10 em 10 e questionar o que acontece com os algarismos. Mais produtivo do que propor exercícios individuais é favorecer a reflexão conjunta das crianças sobre suas próprias hipóteses acerca do funcionamento do sistema de numeração, com situações de produção colaborativa das sequências numéricas e busca de regularidades. Compartilhar saberes e reflexões possibilita que elas conceitualizem regras e se apropriem da escrita convencional dos números.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias