8º Roteiro do gestor: Uma proposta para observar o trabalho dos colegas na pandemia

Nessa reunião, construa com a equipe uma dinâmica de observação entre pares considerando materiais e propostas enviados de forma remota

POR:
Sônia Guaraldo, Rachel Bonino
A observação entre pares pode ser uma poderosa estratégia formativa. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

No 7º roteiro do gestor, publicado na edição passada de Nova Escola Box, os professores foram instigados a construir critérios relacionados à avaliação do planejamento e desenvolvimento de práticas. Nesse encontro, a ideia é propor a organização, em colaboração com a equipe, de uma atividade formativa focada na observação do trabalho dos colegas no atual contexto da pandemia.

“A observação entre pares pode ser uma poderosa estratégia formativa para aprimorar a prática pedagógica a partir do trabalho colaborativo. Além de desmitificar a observação da atividade do colega, essa proposta pode romper com a lógica do isolamento docente, considerado um dos causadores da síndrome de burnout, que tem assolado tantos professores brasileiros”, analisa a consultora pedagógica Sônia Guaraldo.

A 8ª parte do roteiro do gestor detalha como esta prática pedagógica pode ser conduzida com o grupo de professores da Educação Infantil. Se você teve contato com esse material, acesse caixas anteriores para conhecer o roteiro completo para gestores em tempos de fechamentos de escolas durante a pandemia.

ROTEIRO DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 8

Criando com a equipe um protocolo de observação do trabalho dos colegas


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Estruturar estratégia de observação entre pares

Duração da reunião: 2 horas

Leitura para professores e gestores:  Texto “Com fazer observação de sala de aula”, do site NOVA ESCOLA GESTÃO e capítulo 2 (“Professores totais”) e capítulo 3 (“Escolas totais”) do livro A Escola como Organização Aprendente, dos autores Michael Fullan e Andy Hargreaves, da Editora Penso.

Antes da reunião

1. Prepare o convite: Para promover o início desse trabalho, dispare comunicado para toda a equipe de educadores, por e-mail, aplicativo de mensagens ou por outro meio que seja usual entre vocês. Na mensagem, liste o tema e os objetivos da reunião.

2. Dê um retorno sobre a reunião passada: Relembre os professores sobre as entregas da adequação dos planos de atividade já com feedback do coordenador em relação ao planejamento, solicitados no encontro passado.

3. Inclua uma avaliação: Use o Google Form ou outra plataforma de compartilhamento e dispare o formulário para que os professores avaliem os momentos de reunião pedagógica. Importante que contenha questões relacionadas à pertinência e aplicabilidade dos conteúdos trabalhados como também das dinâmicas formativas. Deixe o link preparado para disparar no fim da reunião.

Durante a reunião

1. Convide todos para a plataforma escolhida: Faça um acolhimento de boas-vindas aos professores. 

2. Indique os objetivos do encontro: Informe sobre a proposta da reunião, que envolverá uma dinâmica para observação de atividades entre pares. Deixe claro que, por causa do contexto da pandemia, a observação das propostas desenvolvidas pelos colegas não poderá ser feita presencialmente, portanto, dificilmente poderá ocorrer de forma síncrona até que o retorno às escolas seja possível. Logo, a dinâmica pode focar nesse momento em quais materiais e propostas os professores têm compartilhado com as famílias por WhatsApp ou por outros meios, incluindo eventuais vídeos gravados para explicar as atividades para as crianças e seus familiares, além das devolutivas dos responsáveis.

3. Forme duplas para a atividade: Estabeleça duplas de professores de acordo com a faixa etária da Educação Infantil com que trabalham (bebês, crianças bem pequenas e crianças pequenas). Se achar mais apropriado, pode articular os pares antes da reunião, consultando os professores, especialmente se houver em sua escola um grupo grande. Também é importante considerar que nem todos podem aceitar, de início, a experiência. Se isso ocorrer, respeite a decisão e promova a ação junto a professores voluntários. Organize os nomes numa tabela e compartilhe com todos.

4. Sugira um quadro de planejamento da observação entre pares: Solicite aos professores que planejem a ação, considerando as datas do primeiro e o segundo momento de observação, bem como os detalhes do planejamento e dos critérios usados.

Compartilhe uma planilha com os nomes já preenchidos e peça aos professores que coloquem as datas do momento em que serão observados e que observarão a interação do colega com as crianças e os familiares. Peça ainda que informem a data de envio do relatório. 

5. Organize os critérios que serão avaliados: Após o tempo de planejamento das observações, disponibilize a ficha composta dos critérios formulados pelo grupo. Informe que, após a observação, ela deverá ser enviada para o professor que será observado.

PONTO DE ATENÇÃO: A planilha abaixo foi pensada para a observação de atividades no contexto remoto, mas é possível adaptá-la para um possível retorno à escola, considerando os protocolos sanitários que serão adotados com relação a agrupamentos, ambiente e materiais.

BAIXE O ARQUIVO

6. Oriente os professores quanto às posturas no momento da observação: Levante os seguintes pontos de atenção:

Professor que será observado: 

- Apresentar o docente observador às crianças no contexto remoto ou de retorno à escola, se possível.
- No final da atividade, anotar suas reflexões sobre a forma como transcorreu a atividade, para posterior discussão com o professor observador.

Professor que será o observador: 

- Preencher o instrumento de observação.
- Registrar impressões sobre aspectos dos quais se deseja refletir no momento da pós-observação.
- Manter-se discreto, sem interferir nas ações do professor observado.

 7. Para terminar: Ao final da reunião, abra a palavra para dúvidas ou comentários. Coloque-se à disposição para apoiar os momentos de observação a serem realizados pelos pares. Ao final, disponibilize o link do formulário para avaliação do encontro.

Tags

Guias