Educação Infantil: 16 planos para trabalhar relações familiares a distância

As atividades abordam temas conhecidos pelas famílias e envolvem brincadeiras, jogos, desenhos e fotografia

POR:
Camila Cecílio
A escola pode ser o segundo local de socialização da criança e precisa existir um diálogo entre família e escola      Crédito: Getty Images

Em tempos de distanciamento social, encontrar maneiras de estar perto das crianças da Educação Infantil é um desafio para os professores dessa etapa mais ainda para trabalhar relações familiares. Pensando nisso, NOVA ESCOLA selecionou 16 planos de atividades sobre o tema, que podem ser desenvolvidos à distância por meio de brincadeiras, jogos, desenhos, fotografia e interação com os familiares do convívio dos pequenos. 

Trabalhar as relações familiares na escola é importante, principalmente, por três razões. A primeira é porque trata-se de bebês, crianças bem pequenas e crianças pequenas que, em geral, não têm a linguagem oral bem desenvolvida. A segunda é que a família é quem vai levar para a escola informações sobre a rotina das crianças (o que comem, do que gostam de brincar, quais músicas cantam em casa, etc.). E, por fim, o professor é quem leva para as famílias as informações sobre como as crianças passaram o dia na escola. 

Por conta disso, é essencial que família e escola estejam juntas no desenvolvimento e na aprendizagem da criança, de acordo com Ana Teresa Gavião, especialista do Time de Autores NOVA ESCOLA nos planos de atividades para a Educação Infantil. “A escola pode ser o segundo local de socialização da criança, o primeiro é sempre a família. Precisa existir esse diálogo entre ambas as partes porque os valores estão sendo construídos e, para isso, há que se ter uma relação de confiança e parceria nesse desenvolvimento e aprendizagem”, reforça. 

Os planos de atividades, segundo Ana Teresa, “são muito significativos nesse momento de distanciamento e de propostas remotas porque é uma forma de aproximar, mesmo que à distância, a casa e a escola”. NOVA ESCOLA conta com diversos planos de atividades para a Educação Infantil, que tratam temas conhecidos pelas famílias, das rotinas de bebês até brincadeiras e contação de histórias, o que faz com que se sintam pertencentes ao processo educativo.

Veja a seguir uma seleção de planos de atividades para trabalhar as relações familiares, já adaptadas para o ensino remoto:

Toda família tem história 
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
A ideia é convidar os familiares a conversar com as crianças a partir de um livro, que pode ser lido virtualmente pelo professor ou pelas famílias, sobre as diferentes culturas familiares. A atividade sugere alguns livros que abordam histórias e costumes de famílias de diferentes culturas. Se não for possível, as famílias podem acessar pela internet a leitura de “Cada um com seu jeito, cada jeito é de um”, de Lucimar Rosa Dias, recomendado para essa atividade.

Histórias das famílias das crianças
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Nessa adaptação, as crianças poderão descobrir fatos interessantes de sua história. Convide as famílias a conversar com as crianças sobre seu nascimento, histórias de quando eram bebês etc., e proponha que façam um registro de suas descobertas. Para isso, grave um vídeo para as famílias mostrando uma foto sua de quando era criança ou conte algo bem divertido sobre a sua infância ou nascimento. Envie o vídeo por WhatsApp ou outra plataforma de comunicação com as famílias e faça o convite: “O que acham de me contar mais sobre a sua história?”.  

Curso: BNCC na Educação Infantil

Neste curso irá refletir sobre como proporcionar experiências significativas que valorizem o pleno potencial das crianças. Entenderá como a criança proposta pela BNCC influencia a organização do cotidiano e práticas educativas.

Entrevistando as famílias
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Parte da compreensão da criança sobre o mundo social se dá por meio do conhecimento das relações de trabalho existentes nele. Então, que tal aproveitar o isolamento social para sugerir uma atividade para que as crianças investiguem sobre esse assunto? Essa é a ideia desse plano, que colabora para que as crianças compreendam as diferentes funções sociais de cada profissão, sua importância, os conhecimentos e artefatos inerentes a cada uma, as relações de interdependência entre diferentes profissões, a valorização da função de cada uma  para a vida em sociedade ampliando seu conhecimento, interesse e respeito pelos diferentes modos de vida.

Familiares contam suas histórias 
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Para começar essa atividade, envie uma mensagem para as famílias contando algo sobre a história de sua família, podendo ser a origem de seu sobrenome ou como seus pais e avós se conheceram, por exemplo. Depois disso, convide as famílias a falar sobre suas próprias histórias, sua origem, seus hábitos e costumes, e a recordar as histórias contadas pelos pais e/ou avós, podendo, inclusive, preparar uma receita, fazer alguma brincadeira ou resgatar álbuns antigos de família.

Conhecendo as profissões dos familiares  
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Para colocar esse plano de atividade em prática no ensino remoto, envie uma mensagem para as famílias e crianças dizendo que você gostaria de saber quais as profissões das pessoas da família (se trabalham e em quê). Conte qual a profissão das pessoas que moram com você e alguma curiosidade sobre elas. Ao final, convide os alunos a fazer um desenho sobre as profissões de seus familiares. Essa será a forma de registrar a atividade. 

Conhecendo tradições das famílias do grupo  
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Festas, culinária típica, brinquedos e brincadeiras da infância ou reuniões importantes: toda família tem uma tradição, não é mesmo? Para começar, convide as famílias a conversar com as crianças sobre esse assunto a partir da leitura de um livro. Após a história, proponha aos pais ou responsáveis falarem sobre a cultura de sua família, de modo que as crianças percebam aspectos das tradições familiares. As famílias também podem gravar pequenos vídeos contando suas histórias.

Concluindo o livro das famílias do grupo 
Indicado para: Educação Infantil/Pré-escola
Diante do isolamento social, há a possibilidade de propor diversas atividades com fotos de famílias. Para esse plano, a sugestão é gravar um vídeo mostrando algumas de suas fotos de família para as crianças contando quem são essa pessoas, onde estão, em que momentos essas fotos foram tiradas etc. A ideia seguinte é propor a criação de um álbum com registros e fotografias que deve ser criado em conjunto com os familiares. As crianças devem participar de todas as etapas, sugerindo, escolhendo, fotografando, decidindo, desenhando e registrando.

Retratos das famílias
Indicado para: Creche/Educação Infantil
O tema da identidade na Educação Infantil pode ter sua gênese no trabalho com os bebês: da descoberta e conhecimento de si ao reconhecimento de suas características e potencialidades. Para realizar essa atividade será necessário pedir às famílias fotos das crianças, dos pais ou responsáveis, dos irmãos e de quem mais morar na mesma casa, com seus respectivos nomes para que o professor possa saber e interagir com as crianças. 

Rodas e cantigas com as famílias 
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para esse encontro virtual com as famílias e seus bebês, esteja disponível para acolher os sentimentos e expressões dessa vivência à distância. Para contextualizá-los, coloque a cantiga de roda que os pequenos mais gostam na escola. Envolva os participantes, de forma animada, a partir de movimentos e gestos espontâneos junto com você. Converse com os familiares sobre as rodas de que gostavam quando crianças. Uma boa dica é começar contando qual a sua favorita para, então, dar sequência à aula.  

Ampliação de repertório: os jogos das famílias 
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Estar em casa com crianças pode ser sinônimo de diversão garantida. Ainda mais se isso envolver brincadeiras e jogos, como sugere esse plano de atividade. Para colocar em prática, o primeiro passo é gravar um vídeo falando com as crianças sobre os jogos com regras simples que elas conhecem. Relembre alguns que vocês já jogaram na escola e diga que elas poderão jogar alguns desses e outros mais com os seus familiares. Depois, por áudio ou vídeo, explique às famílias que enviará mais orientações para as outras atividades.

Preparação do álbum dos bebês  
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nessa adaptação para prática remota, a sugestão é que você grave um breve vídeo mostrando um álbum seu de quando era bebê. Conte uma história relacionada a esse momento, como, por exemplo, quando sua mãe contratou o fotógrafo para fazer as fotos. Faça uma seleção de fotos de quando estava na escola, interagindo e brincando com os bebês. Você pode reunir as imagens em um álbum virtual e encaminhar da forma que estiver trabalhando na sua sua rede. Explique para os familiares como as fotos despertam curiosidade, que os pequenos se beneficiam ao participarem de momentos que envolvem os registros fotográficos, que através das fotos podem conhecer mais sobre si e sobre os outros e ampliando o conhecimento sobre o mundo que os cerca. 

Investigação das fotos do álbum dos bebês
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para essa atividade, as recomendações são as mesmas do plano anterior. As famílias produzirão o álbum do bebê no contexto domiciliar. Oriente pais e responsáveis para que selecionem registros fotográficos, compondo o álbum com fotos atuais e mais antigas. Explique que é possível montá-lo no formato impresso ou digital, de acordo com a possibilidade de cada família e considerando que não é recomendado saírem para fazer compras. Assim, sugira opções como: slides digitais para fotos nesse formato, aplicativo no celular, pasta com plástico (no caso de impressão de fotos), um varal colocado na altura do bebê com as fotos que já tenham em casa penduradas dentro de plástico transparente, dentre outras opções.

Produção do álbum dos bebês 
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Para a produção do álbum, convide os familiares para que envolvam o bebê durante a seleção das fotos, de forma que ele possa manifestar as preferências. É interessante que este seja um momento leve e prazeroso. Sendo assim, oriente os pais e responsáveis a nomear as pessoas nas imagens, contando fatos, destacando ações e reações presentes. Por exemplo: diante de várias fotos, o bebê pode olhar para uma delas manifestando sua escolha, enquanto o bebê maior pode pegar a preferida. Sugira que guardem a foto em uma caixa. Assim, poderão fazer outras brincadeiras investigativas até a produção do álbum.  

Finalização do álbum dos bebês 
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nessa etapa de finalização do álbum, convide familiares e bebê para interagirem na finalização do álbum, colocando nele uma foto do momento atual, relativa ao que mais gostam de fazer em casa juntos durante o período de distanciamento social. Por exemplo: uma música que ouvem e que gostam de dançar juntos, com a qual o bebê aprendeu a bater os pés. Lembre aos pais e responsáveis de que é importante registrar a atividade com foto e relatar, comentando a respeito da vivência. 

Exploração do álbum dos bebês
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Nessa aula, depois de todas as etapas anteriores, peça aos familiares que ofereçam oportunidades de exploração do álbum ao bebê, de forma que esses elementos, somados, promovam um momento rico para exploração. Envie os registros para a turma, para que possam se aproximar digitalmente em tempos de distanciamento social. Desta forma, você poderá fortalecer a relação entre os envolvidos, ajudando a passarem por esse momento de privação de forma mais amena.

Produção de um minijardim com as famílias 
Indicado para: Educação Infantil/Creche
Já pensou em propor às crianças e suas famílias a criação de um minijardim em casa? Esse é o objetivo dessa atividade. Para colocá-la em prática, é necessário que os pequenos tenham vivenciado experiências com exploração de jardins (em passeios e explorações, conhecendo os bichinhos etc.), que a família seja convidada com antecedência e as crianças sejam envolvidas neste convite. Tente agendar um dia com chances de participação de todos e tenha as informações sobre a impossibilidade de participação de algumas famílias, para poder organizar a forma de acolhimento das crianças no dia da atividade. 

Tags

Guias