PDF para baixar: Ficha de transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental

Com a ajuda do professor Evandro Tortora, organizamos um quadro para você avaliar a síntese das aprendizagens das crianças e organizar o portfólio delas para os educadores da etapa seguinte

POR:
Nairim Bernardo
No modelo de ficha de transição, incluímos um exemplo de preenchimento para guiá-lo. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

Na transição para o Ensino Fundamental, uma das tarefas do professor da Educação Infantil é realizar a observação e registro do que as crianças já desenvolveram e compartilhar essas informações com gestores e professores da etapa seguinte. Desse modo, haverá mais materiais para os próximos educadores conhecerem a criança e suas vivências e experiências.

É importante que essa observação atenta das crianças ocorra durante todo o ano letivo, e não como uma “avaliação final” no encerramento do ano. A escrita do relatório de transição também precisa ser feita de modo bastante cuidadoso. “Fazer uma espécie de checklist não ajuda muito o próximo professor. Precisamos tentar dar um suporte para a professora que vai receber a criança no próximo ano e pensar que, por causa da paralisação das aulas presenciais, as crianças não vão chegar com todas as conquistas usuais. Por exemplo, não vai dar para falar de escrita de palavras se a criança não consegue utilizar um lápis ainda”, comenta o professor Evandro Tortora, professor de Educação Infantil e colunista de NOVA ESCOLA.

Segundo Tortora, em vez de marcar um ‘x’ em um campo sobre comunicação, por exemplo, o professor da Educação Infantil pode escrever análises como “Ela socializa bem com os amigos, mas tem dificuldade de falar com pessoas não tão próximas a ela”.

Para Selene Coletti, formadora na Secretaria de Educação de Itatiba (SP) e colunista de NOVA ESCOLA, um relatório mal escrito pode influenciar negativamente a relação de professores e alunos no 1º ano. “Se a professora da Educação Infantil só ‘pintar’ a criança de modo negativo, a professora já vai recebê-la com um preconceito estabelecido. Eu leio a ficha após uma semana de aula, depois que já observei a criança. Caso haja alguma discrepância de informações entre o que observei e o que li, entro em contato com a escola anterior”, sugere. Para ela, é essencial que as fichas e os relatórios de transição sejam feitos com atenção pelo professor e revisados pelo coordenador, que pode propor sugestões para deixar a escrita mais clara, objetiva e informativa para os próximos educadores. 

Durante o período de isolamento social e com atividades a distância, é importante tentar continuar a observar o desenvolvimento das crianças. Por isso, é muito importante que os professores solicitem que os familiares registrem (em foto ou vídeo) momentos de atividades sugeridas pela creche e realizadas em casa, além de produções das crianças, como desenhos. Também é importante manter o diálogo sempre aberto com as famílias e registrar informações que elas tragam como retorno das atividades, do comportamento das crianças ou de questões mais específicas, como o falecimento de alguém muito próximo à criança. 

Pensando nisso, com a ajuda de Evandro Tortora, NOVA ESCOLA elaborou um modelo em que professores e gestores da Educação Infantil possam registrar as conquistas das crianças que estão terminando essa etapa. A ficha foi desenvolvida tendo como base a síntese das aprendizagens esperadas em cada campo de experiência indicado pela BNCC. Para conferir e baixar o documento, clique no botão abaixo.

BAIXE O ARQUIVO

Portfólio

Além do relatório de transição, é muito importante organizar o portfólio com as atividades das crianças. Geralmente, esse material é reservado em uma pasta e entregue para a família, com a sugestão de que ela o apresente para o professor do Ensino Fundamental. Outra opção é escanear ou fotografar desenhos e atividades escritas e registrar atividades e brincadeiras em fotos e vídeos. Assim, será possível organizar todo o material em ferramentas on-line de armazenamento de fotos, facilitando o compartilhamento. Lembre-se de que a organização desse portfólio é muito importante para orientar a prática dos professores da próxima etapa, para registrar e encerrar um ciclo na Educação Infantil e como memória afetiva para crianças e familiares.

Confira algumas Ferramentas para organizar o portfólio dos alunos clicando aqui.